Siga nossas redes

Análise

Morning Call: após o dia de alta nas bolsas americanas, índices futuros recuam

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e um breve resumo do fechamento das bolsas ontem.

Publicado

em

Destaques:

  • Após o dia de alta nas bolsas americanas, hoje, no pré-mercado de Nova York os índice futuros iniciam o dia operando em baixa e as bolsas europeias com oscilações mistas;
  • O Interesse da Microsoft pela operação do TikTok aumenta tensões entre EUA e China, com declarações de Trump e de mídias ligadas ao Partido Comunista da China;
  • O S&P 500 futuro recua (-0,25%), Nasdaq (-0,31%), Frankfurt (-0,40%), Londres (+0,38%), Paris (+0,19%), Madri (+0,42%), Milão (+0,76%), Lisboa (+0,68%).
* Conheça o canal gratuito do Espaço Trader Easynvest no Telegram totalmente dedicado à Renda Variável. Tudo que você precisa para tomar as melhores decisões de investimentos, na palma da sua mão! Clique aqui. Twitter: @jfalcao_castro   

Brasil:

  • Ontem, à espera de uma posição clara sobre a criação, ou não, da impopular taxação sobre transações digitais, a bolsa brasileira caiu e subiu para depois fechar próximo das estabilidade;
  • O Ibovespa fechou em ligeira queda de (-0,08%), aos 102.829,96 pontos, com giro financeiro de R$ 23,9 bilhões;
  • Destaque de alta: CSN (+6,45%) – A disparada do minério de ferro em em Qingdao, de 4,93%, deu fôlego às siderúrgicas, também beneficiadas pela alta do dólar;
  • Destaque de baixa: Cogna (-3,99%) – Após o IPO da Vasta em Nova York, positiva para a empresa e que acumulou valorização de quase 25% em julho, mas agora existe um movimento de realização de lucros.

Análise Gráfica – IBOV:

  • O IBOV segue em tendência de alta, ainda afastando do suporte em torno de 100.200 pontos e sem sinais reversão do movimento ascendente, no curto prazo;
  • Suporte: 100.900 (miníma de 24 de julho)
  • Resistência: 105.500 (máxima do dia 21 de julho)

EUA:

  • Ontem, as bolsas em Wall Street mantiveram o movimento de alta, com dados econômicos positivos da China, da Europa e dos Estados Unidos. O PIM industrial americano de julho subiu acima das expectativas, para 54,2 pontos, em zona de expansão da atividade;  
  • As empresas de tecnologia e o setor de saúde foram os destaques do dia, porém pelo lado negativo, permanece a falta de acordo entre democratas e republicanos sobre o pacote de ajuda aos desempregados;
  • O índice Dow Jones fechou em alta de (+0,89%), o S&P 500 (+0,72%) e o Nasdaq (+1,47%), a 10.902,80 pontos, novo recorde histórico de fechamento.

Ásia: mais cedo, as bolsas asiáticas acompanharam os ganhos de NY e a valorização das techs; Hong Kong (+2%), Nikkei (+1,70%), Kospi de Seul (+1,29%) e Xangai avançou (+0,11%).

Indicadores:
Brasil:
Indicadores de Atividade Econômica preliminar – IAE (FGV)
Produção Industrial (junho) (IBGE)
IPC-S Capitais Q4 (FGV)
Vendas de veículos (Fenabrave)
Copom (primeiro dia de reunião de política monetária do Banco Central)
Divulgação de balanço: Alpargatas, Banco Pan e Iguatemi (após o fechamento)
EUA:
Encomendas à industria (junho) (Departamento do Comércio)
Estoques de petróleo (API)
Divulgação de balanço: Disney
Europa:
Zona do Euro: Inflação (IPP)
Divulgação de balanço: British Petroleum (bolsa de Londres)
Ásia:
China: PMI de Serviços e Composto (julho) (Caixin)
Japão: PMI de Serviços e Composto (julho) (Markit)

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Quer investir sem pagar Imposto de Renda? Faça seu dinheiro render mais com as LCIs e LCAs na Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.