Siga nossas redes

Análise

Morning Call: bolsa brasileira indefinida e índices americanos renovam recordes

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • Após sequências de recordes de fechamento, os índices futuros americanos operam em queda neste momento; Dow Jones (-0,07%); S&P 500 (-0,30%); Nasdaq (-0,84%);
  • Ontem, a decepção com os dados de emprego do setor privado nos EUA, que criou 428 mil vagas em agosto (expectativa de +1,17 milhão), afetou temporariamente as bolsas em NY, mas a confiança do investidor no Fed segurou os mercados e fortaleceu o dólar em escala global; Outra vez, S&P 500 e Nasdaq renovaram recordes de fechamento;
  • Na Europa, após dados da atividade econômica mistos, as principais bolsas do continente sobem neste ínicio do dia: Londres (+0,75%); Frankfurt (+1,24%); Paris (+1,78%);
  • Mais cedo, as bolsas da Ásia fecharam mistas após recordes em Nova York e queda leve do PMI de Serviços chinês (54,1 em julho para 54 em agosto); Xangai (-0,58%); Hong Kong (-0,45%); Japão (+0,94%), seguindo as bolsas americanas e alcaçando o maior nível desde 20 de fevereiro.
Conheça o canal gratuito do Espaço Trader Easynvest no Telegram totalmente dedicado à Renda Variável. Tudo que você precisa para tomar as melhores decisões de investimentos, na palma da sua mão! Clique aqui. Twitter: @jfalcao_castro   

Cenário global e bolsa brasileira ontem:

  • Em Nova York, com disposição para puxar os índices, os investidores notaram uma frase no Livro Bege que os agradou o mercado: “As despesas com consumo continuaram a subir, puxadas por veículos e alguns setores nas áreas de varejo e turismo”;
  • Aqui, o Ibovespa se descolou de Nova York, na expectativa de entrega do programa de reforma administrativa hoje ao Congresso e da definição do programa Renda Brasil;
  • O Ibovespa fechou em queda de 0,25%, aos 101.911,13 pontos, com giro financeiro de R$ 22,1 bilhões.
  • Destaque de alta: Fleury (+6,68%); a rede de laboratórios anunciou investimentos de R$ 50 milhões em plataforma de serviços ligados à saúde;
  • Destaque de baixa: Suzano (-3,78%); após as altas registradas na terça-feira, com dados que mostraram o maior nível de produção da série histórica da empresa.

Análise Gráfica – IBOV:

  • No gráfico diário do índice Bovespa, o pregão de ontem foi mais um dia sem expressão e o padrão gráfico atual continua indefinido;
  • Para viés ficar mais positivo, o IBOV precisa se consolidar-se acima das médias de 21 períodos, para depois buscar a resistência em torno de 105 mil pontos;
  • Se o índice se consolidar abaixo dos 100 mil pontos, não seria surpresa uma correção de pelo menos 5.000 pontos, no curto prazo;
       
  • Suporte: 100.000 (mínima de 4 de agosto)
  • Resistência: 105.500 (máxima do dia 21 de julho)
Indicadores
Brasil:
Indicadores Industriais (CNI)
PMI de Serviços e Composto (Markit/HSBC)
Governo apresenta PEC da reforma administrativa
EUA:
Balança Comercial 
Pedidos de seguro-desemprego semanal (Departamento do Trabalho)
PMI de Serviços (Markit/ISM)
EUA/IHS Markit/JPMorgan: PMI Industrial global 
Europa:
Alemanha: PMI de Serviços (Markit) 
Reino Unido: PMI de Serviços (Markit) 
Zona do Euro: PMI de Serviços (Markit) / Vendas no varejo 

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Proteja seu patrimônio das variações cambiais ou ganhe dinheiro com elas. Invista em Contratos de Dólar pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.