Siga nossas redes

Análise

Morning Call: bolsas de Nova York e da Europa em direções opostas

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e um breve resumo do fechamento das bolsas ontem.

Publicado

em

Destaques:

  • Dentre os principais dados de hoje, teremos: balança comercial chinesa, relatório mensal de petróleo da Opep e produção industrial na Zona do Euro; 
  • Aqui no Brasil, o IBC-Br de maio, mede a reação da economia, após o fundo do poço em abril;
  • Agora pela manhã, os futuros de Nova York sobem antes da divulgação dos balanços de bancos (JP Morgan, Wells Fargo e Citigroup), após a divulgação de crescimento de importações e exportações na China. O S&P 500 futuro sobe em torno de (+0,35%);
  • As bolsas europeias caem refletindo o aumento de casos relacionados a pandemia que levou ao fechamento de atividades comerciais nos EUA, divulgado ontem, quando a Europa já estava fechada.

* Conheça o canal gratuito do Espaço Trader Easynvest no Telegram totalmente dedicado à Renda Variável. Tudo que você precisa para tomar as melhores decisões de investimentos, na palma da sua mão! Clique aqui

Brasil:

  • Ontem, anúncio de que a Califórnia (EUA), irá voltar atrás e fechar estabelecimentos diante do aumento de casos de covid-19, puxou o índice Bovespa novamente para baixo dos 100 mil pontos;  
  • O viés é positivo, mas o início da temporada de resultados corporativos do segundo trimestre e impactos de uma segunda onda da pandemia, podem frear o fôlego das bolsas;
  • Cotação: o Ibovespa fechou na mínima com queda de (-1,33%), a 98.697,06 pontos, após máxima de 100.857,68 pontos. O giro financeiro somou R$ 21,34 bilhões.

Análise Gráfica – IBOV: 

  • No gráfico diário do índice Bovespa, ao tentar avançar além dos 100 mil pontos, o IBOV sente o peso da resistência neste nível e volta a recuar. Porém este movimento de correção ainda não muda o padrão gráfico atual, que se mantém numa tendência de alta, porém não podemos descartar correções mais acentuadas, no curto prazo;
  • Conforme estamos comentando diariamente, o índice precisará de novos fatos positivos para se consolidar rapidamente acima dos 100 mil ou isso poderá acontecer de forma lenta e mais sofrida;
  • Resistência: 100.000 (nível que a força vendedora pode se intensificar)
  • Suporte: 93.300 (nível que a força compradora pode se intensificar)

EUA: 

  • Na reta final do pregão de ontem, as bolsas de NY perderam os fortes ganhos, acima de +1%, após fatos inesperados, mas premeditados em relação ao fechamento de algumas atividades comerciais na Califórnia, estado de maior representatividade no PIB americano;  
  • Cotação: o Dow Jones fechou estável (+0,04%), o S&P 500 recuou (-0,93%), para 3.155,35 pontos e o Nasdaq perdeu (-2,13%).

Europa: 

  • Até o início da tarde, as bolsas europeias acompanharam Wall Street animadas com o avanço de vacinas e temporada de resultados corporativos e fecharam em alta, ontem;
  • Cotação: a bolsa de Frankfurt subiu (+1,25%), Londres (+1,29%), Paris (+1,73%) e Madri (+1,43%).

Ásia:  

  • Mais cedo, o recuo na retomada da Califórnia prevaleceu nas bolsas asiáticas sobre os dados positivos da balança comercial chinesa;
  • Cotação: Xangai (-0,83%), Hong Kong (-1,14%), Nikkei (-0,87%), Kospi de Seul (-0,11%);

Dólar:

  • A moeda americana ganhou força na reta final do pregão, após a tensão com os riscos de uma segunda onda da covid-19, levando os investidores a buscar por proteção;
  • Cotação: na lista das principais divisas globais, o Real teve o pior desempenho, com o dólar comercial fechando em alta de (+1,28%) aos R$ 5,39.

Commodities:

  • Petróleo: tipo Brent para setembro fechou em queda de 1,20%, a US$ 42,72 o barril;
  • Ouro: para agosto fecha em alta de 0,70%, a US$ 1.814,10 a onça-troy.

Indicadores:
Brasil:

  • IBC-Br (maio) (Banco Central)

EUA:

  • Inflação ao consumidor (junho) (IPC)

Europa:

  • Zona do Euro: Índice de sentimento econômico (ZEW)
  • Zona do Euro: Produção industrial  
  • Reino Unido: Produção Industrial
  • Reino Unido: Taxa de desemprego

Ásia:

  • China: Balança Comercial
  • Japão: Produção Industrial

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Garanta sua reserva de emergência com segurança. abandone a poupança e invista no Tesouro Direto pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado Invista em empresas estrageiras como Amazon, Disney, Google e muito mais! Invista em empresas estrageiras como Amazon, Disney, Google e muito mais!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.