Siga nossas redes

Análise

Morning Call: 100 mil pontos é o divisor de águas para o Ibovespa

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • Hoje, o foco dos investidores ainda é a esperança de novas vacinas, os índices futuros de Nova York e as bolsas europeias dão sinais positivos neste início de manhã;
  • O PIB do Reino Unido teve a maior contração da história no segundo trimestre (-20,4%), porém a produção industrial britânica avançou 9,3% em junho ante maio, superando a projeção (+7,4%);
  • Há instantes, o S&P 500 futuro avançava em torno de (+0,70%) e o índice europeu Stoxx 600 (+0,33%);
  • Mais cedo, as bolsas asiáticas fecharam sem direção única, com Xangai caindo novamente (-0,63%), Nikkei (+0,41%) e Hong Kong (+1,42%).

Cenário global e bolsa brasileira:

  • Tudo estava indo bem, com a notícia de uma nova vacina russa que estimulou o apetite dos investidores aos ativos de risco. Até o líder republicano afirmar à Fox News que as negociações com democratas estão travadas e que suas demandas são absurdas para o novo pacote de estímulos contra os efeitos da covid-19;
  • Em São Paulo, o Ibovespa já estava inseguro, observado o movimento global, mas pesaram desde o início as questões fiscais brasileira, que se agravaram com os recursos destinados ao combate à pandemia e suas consequências na economia real;
  • O Ibovespa fechou em baixa de 1,23%, aos 102.174,40 pontos, com volume financeiro de R$ 21,75 bilhões.

Análise Gráfica – IBOV:

  • No gráfico diário, o IBOV não mudou seu padrão, sem grandes movimentações nos últimos dias e ainda está preso sobre as médias móveis curtas (9 e 21 períodos);
  • Uma sinalização muito positiva para o índice, no curto prazo, seria conseguir se consolidar acima dos 104 mil pontos e em seguida tentar superar a resistência em torno de 105.500 pontos, máxima do dia 21 de julho;
  • Porém, nos próximos dias devemos ficar atentos a um possível novo teste do suporte em torno de 100 mil pontos, o rompimento abaixo deste nível poderá por o índice numa tendência de baixa, no curto prazo;
  • Suporte: 100.000 (miníma de 4 de agosto)
  • Resistência: 105.500 (máxima do dia 21 de julho)
Indicadores:
Brasil:
Vendas no Varejo (junho) (IBGE)
Fluxo cambial semanal 
Índice de Confiança do Empresário Industrial (CNI)
Divulgação de balanço: Banrisul (antes da abertura); Aliansce Sonae, BRF, Eletrobras, Marfrig, Movida, MRV, Taesa, Tecnisa, Ultrapar, Via Varejo (após o fechamento)  
EUA:
Estoque de petróleo (DOE) / Relatório Mensal da OPEP
Índice de pedidos de hipotecas (MBA)
Inflação (IPC)
Europa:
Zona do Euro: Produção Industrial 
Reino Unido: Produção Industrial / PIB / Balança Comercial 

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.