Siga nossas redes

Geral

5 fatos para hoje: eficácia da Pfizer, acordo de gigantes e lucro da AES Brasil

BR Mania e Lojas Americanas vão criar uma nova sociedade, com participação de 50% cada.

Publicado

em

por

InvesteNews*
Pfizer
Mulher segura recipiente com adesivo de vacina da Covid-19 e seringa ante logo da Pfizer 30/10/2020 REUTERS/Dado Ruvic

1- Senado aprova projeto que facilita compra de vacinas

O Senado aprovou, em votação simbólica nesta quarta-feira (24), projeto que facilita a aquisição de vacinas ao autorizar União, Estados e municípios a assumir a responsabilidade civil por eventuais eventos adversos decorrentes da imunização contra a Covid-19 durante a emergência em saúde pública.

O texto, de autoria do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e relatado pelo líder da Rede na Casa, Randolfe Rodrigues (AP), também permite que entidades privadas possam comprar vacinas, desde que elas sejam integralmente doadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), para utilização no Programa Nacional de Imunizações (PNI), até que todo grupo de risco seja imunizado.

O projeto, que ainda precisa ser analisado pela Câmara, prevê que, concluída a vacinação do grupo de risco, o setor privado doe 50% dos imunizantes ao SUS e forneça a outra metade das doses de forma gratuita. O texto também permite a contratação de seguro privado, nacional ou internacional, em uma ou mais apólices.

2 – BR Distribuidora fecha acordo com Lojas Americanas

A BR Distribuidora informou que fechou acordo vinculante para a formação de parceria com a Lojas Americanas visando a exploração do negócio de conveniência dentro e fora de seus postos de combustíveis.

A parceria envolverá as redes de lojas Local e BR Mania e será efetivada pela criação de uma nova sociedade, na qual cada empresa terá participação de 50%, disse a BR em comunicado.

Para a nova sociedade, foi considerada avaliação (enterprise value) de até R$ 995 milhões, que considera o aporte da rede de franquias BR Mania e das lojas Local. Além disso, a transação inclui um desembolso pela Americanas de até R$ 305 milhões, na forma de aporte de R$ 252 milhões na nova empresa e pagamento de até R$ 53 milhões de parcela variável à BR, com base em metas de performance.

3 –  AES Brasil registra lucro de R$ 602,6 milhões no quarto trimestre de 2020

A companhia geradora de energia elétrica, AES Brasil, registrou lucro líquido de R$ 602,6 milhões no quarto trimestre de 2020, aumento de 471% na comparação com o mesmo período do ano anterior, por efeito de resoluções sobre o risco hidrológico (conhecido pela sigla GSF). No ano de 2020, o lucro líquido subiu 182,6%, para R$ 848 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) atingiu R$ 1,17 bilhão no quarto trimestre, aumento de mais de 300%, decorrente do ressarcimento do GSF no montante de R$ 947 milhões.

Para a empresa, um dos grandes destaques de 2020 foi a resolução do GSF, “um imbróglio de longa data e de extrema importância para a AES Brasil e para o setor elétrico como um todo”.

4 – Vacina da Pfizer tem eficácia de 94% com duas doses

O primeiro grande estudo com a vacina da Pfizer/BioNTech no mundo real mostra que o imunizante é altamente eficaz na prevenção da Covid-19, em um momento potencialmente marcante para os países desesperados para encerrar medidas restritivas e reabrir suas economias.

A pesquisa em Israel – que está no segundo mês de uma das campanhas de vacinação mais rápidas do mundo, providenciando uma rica fonte de dados – mostra que duas doses da vacina da Pfizer reduzem os casos sintomáticos de Covid-19 em 94% dentro de todos os grupos etários, diminuindo o risco de quadros graves da doença em quase a mesma porcentagem. 

O estudo com cerca de 1,2 milhão de pessoas também revelou que uma só dose tem eficácia de 57% na proteção de infecções sintomáticas após duas semanas, de acordo com dados publicados e revisados por pares no New England Journal of Medicine na quarta-feira (24). 

5 – Sobe sentimento econômico na zona do euro

O sentimento econômico na zona do euro subiu mais do que o esperado em fevereiro, impulsionado por mais otimismo na indústria, nos serviços e entre consumidores, aumentando as expectativas de inflação, mostraram dados nesta quinta-feira (25).

A pesquisa mensal de sentimento da Comissão Europeia mostrou que o otimismo econômico nos 19 países que usam o euro subiu a 93,4 pontos este mês de 91,5 em janeiro, superando as expectativas em pesquisa da Reuters de alta a 92,0.

O sentimento industrial melhorou a -3,3 em fevereiro de -6,1 pontos e contra expectativas de -5,0. No setor de serviços, o maior da zona do euro, o sentimento foi a -17,1 de -17,7 e expectativa de queda para -18,1. Entre os consumidores, o otimismo subiu a -14,8 pontos de -15,5.

O cenário mais otimista se traduziu também em expectativas de preços de venda mais fortes entre os produtos — 9,7 pontos de 4,8–, e entre consumidores — a 15,7 de 15,4.

*Com Reuters e Estadão Conteúdo

Investir em Ações é ainda mais fácil com taxa de corretagem ZERO! Aproveite agora

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!