Siga nossas redes

Criptonews

Ficou sabendo? Bezos contra Casa Branca; plano de renascimento para Terra (Luna)

Em seu perfil no Twitter, Bezos segue criticando a agenda econômica do governo de Joe Biden assim como a alta da inflação.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 5 minutos

O fundador da Amazon (AMZO34), Jeff Bezos, tem criticado fortemente a Casa Branca. Em seu perfil no Twitter, Bezos segue criticando a agenda do governo de Joe Biden assim como a alta da inflação.

Na noite de domingo, Bezos criticou o plano do presidente Biden para reconstruir a classe média – o chamado Build Back Better – dizendo que “o governo se esforçou para injetar ainda mais estímulo em uma economia inflacionária já superaquecida e apenas o senador Joe Manchin os salvou de si mesmos”.

Logo, a Casa Branca rapidamente respondeu a ofensiva de Bezos.

“Não é necessário um grande salto para descobrir por que um dos indivíduos mais ricos da Terra se opõe a uma agenda econômica para a classe média que reduz alguns dos maiores custos que as famílias enfrentam, combate a inflação a longo prazo e aumenta o histórico redução do déficit que o presidente está alcançando ao pedir aos contribuintes e corporações mais ricos que paguem sua parte justa”, disse o porta-voz da Casa Branca, Andrew Bates, em comunicado ao Washington Post.

O extinto plano Build Back Better, de US$ 2 trilhões, continha uma série de novos gastos sociais e climáticos para expandir creches, moradias populares e fornecer cheques mensais aos pais, entre outras iniciativas. Os democratas pretendiam pagar por isso com aumentos de impostos sobre grandes empresas e os americanos mais ricos – como Bezos.

Em março, a inflação atingiu sua máxima em 41 anos. Embora os preços tenham congelado um pouco em abril, produtos ainda estão 8,3% mais caros do que no ano passado . Alguns economistas argumentam que a agenda doméstica do governo Biden é capaz de domar a inflação com aumentos de impostos sobre os super-ricos.

Contra sanções, superiates de oligarcas russos atracam na Turquia

Cinco superiates de propriedade de oligarcas russos estão agora ancorados na Turquia em uma tentativa de evitar sanções ocidentais desencadeadas pela invasão da Ucrânia.

Os oligarcas têm procurado mover seus ativos, como navios de luxo e jatos particulares, em todo o mundo pela possibilidade de serem colocados em listas de sanções. Muitos escolheram a Turquia porque ainda não sancionou a Rússia por sua agressão.

Dmitry Kamenshchik, presidente do aeroporto Domodedovo de Moscou, possui um iate de US$ 400 milhões chamado Flying Fox que chegou a Bodrum, na Turquia, na manhã de domingo, segundo o site de rastreamento de navios Marine Traffic .

A embarcação deixou a República Dominicana em 22 de abril após ser investigada pelos EUA por acusações de lavagem de dinheiro e tráfico de armas, informaram jornais locais.

O porto de destino do Flying Fox “não foi reconhecido”, mas estava indo na direção da Turquia, de acordo com o Marine Traffic.

Já o Ragnar, um superiate de US$ 85 milhões de propriedade do ex-agente da KGB Vladimir Strzhalkovsky, permanece em águas turcas desde 6 de maio, quando atracou no resort de Marmaris, segundo dados da Marine Traffic .

O navio de 224 pés partiu em 30 de março de um porto na Noruega, onde ficou preso porque fornecedores locais se recusaram a reabastecê-lo ou fazer negócios com seu proprietário, informou a emissora pública norueguesa NRK  na época.

Cofundador do ethereum quer que detentores do Terra (Luna) sejam compensados

O cofundador da Ethereum, Vitalik Buterin, acha que os detentores da stablecoin Terra e seu token irmão Luna devem ser compensados ​​após graves perdas na semana passada que provocou uma ampla venda no mercado de criptomoedas.

A explosão começou com a stablecoin algorítmica TerraUSD desvinculada do dólar no início da semana, iniciando a chamada “espiral da morte” .

À medida que a comunidade de stablecoin emerge do colapso, Buterin endossou a sugestão de um usuário do Twitter: “Se a Terra se concentrasse apenas nos 99,6% mais pobres das carteiras, eles poderiam tornar esse grupo gigantesco 100% completo”.

O fundador da segunda maior criptomoeda também fez alusão ao seguro FDIC para o reembolso de pessoas que perderam dinheiro, citando cobertura de US$ 250.000 por pessoa. 

Enquanto isso, o fundador do Terraform Labs Do Kwon tentou reverter a sorte dos detentores do TerraUSD, que era a terceira maior stablecoin do mundo antes de perder sua atrelagem ao dólar.

Em um tópico no Twitter na segunda-feira, ele disse que estava discutindo os próximos passos para a comunidade Terra. Ele propôs um plano de renascimento que implicaria “bifurcar” o blockchain TerraUSD em uma nova cadeia com uma nova moeda Terra que não está atrelada ao dólar.

Veja também:

Garanta o futuro tranquilo que você merece. Invista em Previdência Privada!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu