Geral

Dia Internacional do Orgulho LGBTIA+: conheça as empresas que apoiam a causa

Organizações reconhecem as necessidades e a urgência de medidas de diversidade e inclusão no meio empresarial.

Publicado

em

No dia Dia Internacional do Orgulho LGBTIA+, empresas preocupadas com a diversidade no mercado de trabalho contam quais são os seus programas para e proporcionar equidade e diminuir a discriminação causada pela orientação sexual ou identidade de gênero.

Essas organizações reconhecem as necessidades e a urgência de medidas de diversidade e inclusão no meio empresarial, assim como revela a pesquisa de 2016 do Center for Talent Innovation, com o dado de que 61% dos profissionais LGBTQIA+ não se sentiam confortáveis para se assumirem no trabalho, além de 41% deles também terem afirmado que vivenciaram algum tipo de discriminação.

Empresas com iniciativas para LGBTIA+

Roche

A Roche, indústria de produtos farmacêuticos, assinou os compromissos do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+. Além disso, a companhia também possui outras iniciativas com o tema, entre elas o OPEN, “Out Proud and Equal Network”, que é uma frente de diversidade LGBTQIA+ global que conta com a participação de colaboradores das afiliadas pelo mundo.

Matera

A Matera, empresa de tecnologia em soluções de core banking, meios de pagamentos e gestão de riscos, criou o Comitê de Diversidade dentro da área de “Environmental, Social, and Corporate Governance” (ESG) da organização. O grupo do comitê é formado por representantes de várias áreas da empresa e tem como objetivo reforçar, por meio de conteúdos, provocações, palestras e rodas de conversas, a necessidade da luta pelo respeito e do orgulho LGBTQIA+.

Amazon

A Amazon, companhia multinacional de tecnologia focada em e-commerce, desenvolveu a página “Celebre com Orgulho”, que conta com uma curadoria de conteúdos e produtos em homenagem ao Dia Internacional do Orgulho LGBTIA+. Até o dia 2 de julho, os produtos incluídos no site da campanha terão 15% de todas as vendas redirecionadas para a ONG ParadaSP.

Ambev

A Ambev, companhia de bebidas das américas, criou o movimento #OrgulhoResiste e convoca pessoas a compartilharem suas histórias. Para cada relato de resistência compartilhada nas redes sociais com a #OrgulhoResiste, R$1 será doado para ONGs que apoiam a comunidade LGBTQIA+. Além disso, desde 2016 a organização aderiu ao Fórum de Empresas e Direitos LGBTQIA+ e criou o grupo de funcionários LAGER – Lesbian & Gay & Everyone Respected, que é destinado a propor e debater políticas internas de respeito e inclusão.

Yuca

A Yuca, proptech referência em experiências descomplicadas de moradia, promove ações neste mês envolvendo seus mais de 100 colaboradores e moradores dos mais de 400 quartos da startup. A primeira delas consiste em rodas de conversas sobre cultura LGBTQIA+, uma sessão de filme com debate e um happy hour online em colaboração com a AMBEV. Além disso, a empresa também promove ação de crowdfunding para arrecadar recursos para a Casa Florescer, ONG de acolhida a mulheres trans e travestis.

Newa

A Newa capacita líderes e colaboradores por meio da diversidade, inclusão e inovação. Sua metodologia é baseada na escuta ativa, na criação de ambientes psicologicamente seguros e no letramento de lideranças em gênero e inclusão. A partir disso, a empresa oferece treinamentos, imersões e workshops e possui uma comunidade com conteúdos exclusivos e trocas de experiências para quem busca desenvolver as habilidades de lideranças mais conscientes e inclusivas.

Como surgiu a data que marca a luta LGBTIA+

O dia 28 de junho de 1969 ficou marcado pelo abuso de autoridade de policiais que invadiram o bar The Stonewall Inn, na cidade de Nova York nos Estados Unidos, que recebia pessoas da comunidade LGBTIA+. Neste dia, devido a orientação sexual dos clientes do estabelecimento, os seguranças públicos, sob o pretexto de desordem, ameaçaram prendê-los.

A partir desse fato, surgiu uma série de manifestações populares na cidade americana, que ficaram conhecidas como Rebelião de Stonewall, tudo em prol da liberdade e descriminalização para qualquer tipo de atração sexual. Um ano depois, em memória ao episódio, uma multidão marchou do bar até o Central Park, o que originou o dia do Orgulho LGBTIA+, que mais tarde se estenderia para o resto do mundo.

Veja também

Mais Vistos

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.

Copyright © 2019 - InvestNews