Siga nossas redes

Análise

Morning Call: a briga pelos 100 mil pontos continua, o momento é de cautela

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • Após posicionamento surpreendente com mudança na condução de política monetária do FED ontem, os índices futuros de Nova York e as bolsas europeias operam mistas no início desta manhã;
  • Porém o fato de maior impacto até agora, é o anúncio de que o primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, há oito anos no cargo, vai renunciar por problemas de saúde;
  • Abe é o premiê que se manteve por mais tempo no cargo, um símbolo de estabilidade, e saída abre período de incerteza em meio à crise da pandemia;
  • Há instantes, o S&P 500 futuro subia em torno de 0,33% no pré-mercado de NY; Londres (+0,12%); Frankfurt (-0,17%); Paris (+0,08%);
  • Mais cedo, na Ásia, Tóquio caiu 1,41%; Xangai (+1,60%), Hong Kong (+0,56%), Seul (+ 0,40%).  
Conheça o canal gratuito do Espaço Trader Easynvest no Telegram totalmente dedicado à Renda Variável. Tudo que você precisa para tomar as melhores decisões de investimentos, na palma da sua mão! Clique aqui. Twitter: @jfalcao_castro   

Cenário global e bolsa brasileira ontem:

  • O presidente do Fed, Jerome Powell, comunicou no fórum de Jackson Hole que os juros vão permanecer baixos por muito tempo, em busca por mais empregos;
  • As bolsas oscilaram muito, mas prevaleceu um sentimento positivo, exceção à Nasdaq que foi prejudicada por Apple (-1.19%) e Google (-0,86%);
  • No Brasil, o Ibovespa chegou a perder os 100 mil pontos, com o risco fiscal ainda no ar. Espera-se que hoje o ministro Paulo Guedes apresente sua nova proposta para o programa Renda Brasil, cuja primeira versão foi desaprovada pelo presidente Jair Bolsonaro;  
  • O Ibovespa fechou estável (+0,01%) aos 100.623,64 pontos, com giro financeiro abaixo da média, de R$ 22,7 bilhões.

Análise Gráfica – IBOV:

  • No gráfico diário do índice Bovespa, a briga pelos 100 mil pontos continua e ontem o IBOV rompeu novamente este nível, porém conseguiu fechar acima sem sofrer alterações no padrão atual;  
  • Para viés ficar mais positivo, o IBOV precisa se consolidar-se acima da média móvel curta (21 períodos) para depois buscar a resistência em torno de 105 mil pontos;
  • O momento ainda é de cautela e atenção, nada está definido. Se o índice cair abaixo dos 100 mil pontos, não seria surpresa uma correção de pelo menos 5.000 pontos, no curto prazo;
  • Suporte: 100.000 (mínima de 4 de agosto)
  • Resistência: 105.500 (máxima do dia 21 de julho)
Indicadores
Brasil:
Bandeira tarifária de energia elétrica (Aneel)
IGP-M (agosto) (FGV)
PNAD Contínua Trimestral 
Relatório Mensal da Dívida Pública Federal (Tesouro Nacional)
Resultado Primário do Governo Central (Tesouro Nacional) 
Sondagem de Serviços (FGV)
Divulgação de balanço: EDP Brasil, IRB (após o fechamento)
EUA:
Confiança do consumidor (agosto) (Universidade de Michigan)
Contagem de sondas, atividade de petróleo (Baker Hughes)
Estoque no Atacado (Departamento do Comércio)
Renda e Gastos Pessoais (Departamento do Comércio)
Canadá: PIB
Europa:
Zona do Euro: Confiança do consumidor  
Alemanha: Confiança do consumidor  
França: PIB

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Mantenha seu padrão de vida mesmo depois de aposentar. Invista na Previdência Privada Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.