Siga nossas redes

Análise

Morning Call: após duas semanas de quedas, Ibovespa tenta recuperação

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • Durante esta semana, as reuniões de política monetária demonstraram que os Bancos Centrais já não possuem muita margem para estimular a economia e que é preciso mais atitudes por parte dos governantes; Ou seja, com exceção da China, a recuperação não será fácil para nenhum país;
  • No Brasil, depois que o governo gastou o que não tinha, o Copom deu a entender que há um pequeno espaço para cortar a Selic, mas o mercado está desconfiado, após altas de alguns índices de inflação, e acredita no fim do longo ciclo de queda da taxa básica de juros;
  • As bolsas europeias abriram instáveis, com tendência de queda, pressionadas por ações ligadas ao turismo, com preocupações sobre uma segunda onda de coronavírus no continente;
  • Há instantes, o S&P 500 futuro subia 0,06%; Londres (-0,15%); Frankfurt (+0,30%); Paris (-0,21%); As bolsas asiáticas fecharam em alta: Xangai (+2,07%); Hong Kong (+0,47%); Tóquio (+0,18%).

Cenário global e bolsa brasileira ontem:

  • As bolsas em NY voltaram a fechar em queda, ainda impactadas pelo alerta do presidente do Fed sobre a necessidade de mais estímulos fiscais para reativar a economia. Powell reafirmou que só a política monetária não é suficiente para acelerar o ritmo de recuperação;
  • Apesar das declarações do Fed, o novo pacote de estímulos está travado pelo jogo político entre democratas e republicanos, com a proximidade das eleições presidenciais no dia 3 de novembro;
  • Aqui, o Ibovespa brigou para fechar aos 100.097,83 pontos, em alta de 0,42%, porém o volume abaixo da média (R$ 21,9 bilhões) é um sinal de que falta consistência ao mercado.  

Análise Gráfica – IBOV:

  • No gráfico diário do índice Bovespa, sem mudanças significativas em mais um pregão de volume abaixo da média;
  • Até aqui, o IBOV respeitou a média móvel longa de 200 períodos (linha laranja), mas ainda precisa consolidar-se acima da média de 21 períodos (linha vermelha) para dar um viés mais positivo no curto prazo;
  • Suporte: 97.750 (mínima de 11 de setembro)
  • Resistência: 105.500 (máxima do dia 21 de julho)
Indicadores
Brasil:
IGP-M (2ª prévia de setembro)
EUA:
Confiança do consumidor preliminar (Universidade de Michigan)
Poços de petróleo em atividade (Baker Hughes)
Europa:
Alemanha: Vendas no Varejo 
Reino Unido: Vendas no Varejo

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Quer rentabilidade, segurança e versatilidade em um só investimento? Invista em CDBs pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.