Siga nossas redes

Análise

Morning Call: cautela antes do último debate Trump x Biden

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • O destaque do dia é o debate presidencial nos EUA, onde Trump busca reduzir a vantagens que Biden tem nas pesquisas; os investidores ainda acompanham as tentativas para aprovar um pacote fiscal antes da eleição, em 3 de novembro, mas prevalece o ceticismo nesta altura do campeonato;
  • Os índices futuros de NY, as bolsas europeias e asiáticas recuam com a disputa política em torno do pacote fiscal americano, com segunda onda de covid, e antes do último debate Trump x Biden, às 22h;
  • Dow Jones futuro (-0,13%), S&P 500 (-0,14%), Nasdaq (-0,15%); Frankfurt (-0,23%), Londres (-0,14%) em dia de retomada de negociações com a União Europeia (Brexit) e Paris (-0,07%); Xangai (-0,38%), Tóquio (-0,70%), Seul (-0,67%), Hong Kong, exceção, subiu 0,13%.

Cenário global e bolsa brasileira ontem:

  • A Casa Branca disse que ofereceu US$ 1,9 trilhão, mas o líder republicano no Senado desaconselhou Donald Trump a fechar um acordo antes da eleição de 3 de novembro; o receio é com a oposição sob o pretexto de que o déficit orçamentário americano já está grande demais (US$ 3,3 trilhões no ano fiscal de 2020), e pode ser usado contra o presidente americano na corrida eleitoral;
  • O Ibovespa até se descolou por algum tempo de Wall Street, superou os 101 mil pontos, mas cedeu com imprevisibilidade do desfecho para as negociações americanas; além disso, o desentendimento do presidente com os governadores sobre a vacina chinesa, desanimou os investidores, por se tratar de uma disputa política e não uma decisão científica; 
  • O Ibovespa fechou estável (+0,01%), aos 100.552 pontos, com giro financeiro de R$ 24,4 bilhões.

Análise Gráfica – IBOV:

  • No gráfico diário, o índice Bovespa reverteu a tendência de queda para alta, no curto prazo, ao fechar acima dos 100 mil pontos e demonstra força, apesar de um clima no cenário global incerto e volátil;  
  • Se a bolsa brasileira for contaminada por movimentos externos, seria natural uma correção até a média móvel (97.000), nos próximos dias, antes de tentar buscar o níveis acima dos 100 mil pontos.
Indicadores
Brasil:
Índice de Confiança do Empresário do Comércio 
Reunião do Conselho Monetário Nacional (15h)
EUA:
Índice de Atividade Manufatureira (Fed)
Pedidos de seguro-desemprego semanal (Departamento do Trabalho)
Vendas de casas usadas
Balanço: American Airlines e Coca-Cola (antes da abertura)
Debate presidencial entre Donald Trump e Joe Biden (22h)
Europa:
Zona do Euro / Alemanha / Reino Unido: Índice de confiança do consumidor  

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Ganhe dinheiro comprando um pedaço de alguns dos maiores empreendimentos imobiliários do Brasil. Invista em Fundos de Investimento Imobiliários pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado BDR BDR

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.