Siga nossas redes

Análise

Morning Call: mercado acompanha apreensivo questões orçamentárias do governo

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Cenário global e bolsa de valores

As bolsas europeias abrem os negócios recuando, após atingirem máximas de seis semanas. As quedas são lideradas por mineradoras, após novas ameaças com a crise financeira na gigante imobiliária Evergrande, além disso, balanços corporativos com resultados mistos tiram a confiança dos investidores.

Todas as bolsas asiáticas fecharam em queda, com exceção da China, onde o índice Xangai teve uma leve alta de +0,22%. O principal motivo para o movimento majoritário de queda veio do tombo da ação da Evergrande, que voltou a ser negociada em Hong Kong ontem, e que despencou 12,54% do seu valor de mercado. Com isso, o índice Hang Seng encerrou o dia com baixa de -0,45%. A Evergrande informou ontem que não conseguiu fechar a venda de 50,1% de sua unidade Evergrande Property Services, num acordo que poderia render cerca de US$ 2,6 bilhões e que ajudaria a empresa a evitar um calote. No Japão, com o novo primeiro-ministro Fumio Kishida, o mercado não sente confiança de como será a nova política econômica do governo é isso foi precificado no índice Nikkei que perdeu -1,87%. Em Seul, o Kospi também teve perda modesta de -0,19% a 3.007,33 pontos.

Futuros: Dow Jones (-0,28%), S&P 500 (-0,24%), Nasdaq (-0,15%); Petróleo: Brent a US$ 84,82 (-1,17%); Ouro: +0,13%, a US$ 1.787,30 a onça-troy na Comex; Treasuries: T-note de 10 anos a 1,64280 (de 1,65860); Londres (-0,26%) a 7.203.97; Frankfurt (-0,19%) a 15.493,18; Paris (-0,30%) a 6.685,64; Madrid (-0,70%) a 8.955,30.

Cenário no Brasil

Aqui, os cenários político e fiscal ainda devem repercutir. Os receios giram em torno do tamanho em que será o “rombo” fiscal da parcela que ficará fora do teto dos gastos para financiar o Auxílio Brasil. Ainda ontem, após o fechamento, um pedido de “waiver” de Guedes, interpretado como um sinal para furar o teto, derrubou o Ibovespa futuro e puxou dólar e juros do DI nos pregões estendidos. Em seguida, na Exame, o ministro avançou nos detalhes, dizendo que o extrateto, “pouco mais de R$ 30 bilhões”, pode ser resolvido com uma revisão do teto ou crédito extraordinário.

Ibovespa

Após o pregão regular, o Índice Futuro da Bovespa ampliou a baixa, reagindo às declarações de Paulo Guedes em evento na Abrainc, quando o ministro mostrou apoio ao extrateto e pediu um “waiver” para essa flexibilização da regra fiscal.

Indicadores e eventos
Brasil
Reunião do CMN (15h)
BC oferta até 15 mil contratos de swap (US$ 750 milhões), em rolagem (11h30)
EUA
Balanços de AT&T e American Airlines, antes da abertura do mercado, e de Intel e Whirlpool, após o fechamento do mercado
Secretária do Tesouro, Janet Yellen, apresenta conselho de supervisão de estabilidade financeira
Pedidos de auxílio-desemprego da semana até 16/10 (9h30)   
Reino Unido
Balanço de Barclays, antes da abertura do mercado

Invista na Apple, Amazon, Google, Disney, Netflix em poucos cliques e com taxa ZERO de corretagem! Invista em BDR

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!