Siga nossas redes

Análise

Morning Call: Semana com inflação dos EUA, PIB da China e IBC-Br

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Enquanto a bolsa brasileira estava fechada devido ao feriado na sexta feira, os mercados americanos tiveram um dia positivo com S&P 500 em +1,13%, Dow Jones +1,30% e Nasdaq com +0,71% como reação do tom do FED que deve continuar o ritmo de recompra de títulos fornecendo liquidez para o mercado. E mesma sem pregão na bolsa brasileira, o ETF MSCI Brazil Capped, considerado um “Ibovespa dolarizado” negociado na bolsa de Nova York, teve uma sexta feira positiva com ganho de 1,29%.

Nessa semana os dados econômicos de destaque internacional vão para os índices de inflação norte americanos, como o Índice de Preços ao Consumidor (divulgado na terça, 13/07), o índice de Preços ao Produtor e o Livro Bege no mesmo dia (na 4ª, 14/07) e o PIB trimestral da China. Lembrando que a temporada de balanços se inicia nessa semana nos EUA, o que pode evidenciar o momento de retomada da economia norte americana e trazer volatilidade ao mercado (que já se reflete na alta de 6% nesse segunda feira do Índice S&P 500 VIX, conhecido como o “Índice do Medo”, que reúne a volatilidade das opções de ações do S&P 500).

No Brasil, o risco político continua a invadir os mercados de câmbio, ao fazer o dólar atingir patamares acima de R$ 5 na semana passada, no mercado de juros ao pressionar quase todos os vencimentos do DI futuro para cima mesmo com o IPCA de junho abaixo das expectativas e com o mercado já de olho no ano eleitoral de 2022, e no mercado acionário, com o Ibovespa em mais uma semana de queda, respeitando os 125 mil pontos de suporte no gráfico semanal.

Fonte: TradingView

Os mercados europeus tem um início de semana em queda com a bolsa Alemã com -0,10%, Reino Unido: -0,58%, França com -0,29% e Espanha com -0,58%. Enquanto isso, as bolsas asiáticas tem um otimismo nessa segunda com Japão: +2,25%, Shanghai: +0,67%, Hang Seng: +0,65% e Coreia do Sul: +0,89%. As commodities operam majoritariamente em queda com Ouro: -0,56%, Petróleo Brent: -1,55%, Petróleo WTI: -1,61%, Bitcoin: -0,35% e Milho: +1,04%.

Os principais indicadores e eventos da semana são:

2ª Feira – 12/07

  • Brasil: Boletim Focus, IPC-Fipe e Balança comercial semanal;
  • EUA: Discurso do presidente do Fed de Nova York, John Williams, que participa de evento organizado pelo Banco de Israel e pelo Centro de Pesquisa Econômica e Política (10h30);

3ª feira – 13/07:

  • Brasil: Crescimento do Setor de Serviços em maio;
  • EUA: IPC de junho e estoques de petróleo API
  • Alemanha: IPC de junho

4ª feira – 14/07:

  • Brasil: IBC-Br, Fluxo Cambial;
  • EUA: IPP de junho, estoques de petróleo da EIA e divulgação do livro bege;
  • Reino Unido: IPC de junho;
  • Zona do Euro: Produção Industrial de maio;
  • China: PIB trimestral e Produção industrial de junho;

5ª feira – 15/07:

  • EUA: Pedidos iniciais por seguro desemprego, Produção Industrial de junho e Índice de Atividade Industrial da Filadélfia;

6ª feira – 16/07:

  • EUA: Vendas no Varejo em junho e sondas em atividade Baker Hughes;
  • Zona do Euro: IPC de junho e Balança Comercial de maio;
  • Japão: Decisão de Política Monetária.

Investir em Ações é ainda mais fácil com taxa de corretagem ZERO! Aproveite agora

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!