Siga nossas redes

Análise

Morning Call: sinal de alerta em agosto e setembro será desafiador para o IBOV

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques:

  • Hoje teremos uma agenda cheia de dados econômicos, porém a notícia boa já veio da China, que registrou avanço da indústria no maior ritmo da década;
  • O índice de gerente de compras (PMI Industrial) da China subiu de 52,8 pontos em julho para 53,1 pontos em agosto, o maior nível de atividade desde janeiro de 2011;
  • E ainda hoje, teremos o PMI Industrial de agosto nos EUA, na Zona do Euro e no Brasil, além do PIB do 2TRI que projeta queda de -9,10% na comparação trimestral e de -10,50% na base anual;
  • Há instantes, o S&P 500 futuro subia em torno de (+0,27%) no pré-mercado de NY; Londres (-1,16%); Frankfurt (+0,65%); Paris (+0,44%);
  • Mais cedo, PMI industrial chinês ajudou a sustentar as altas das bolsas asiáticas; Xangai (+0,44%); Hong Kong (+0,03%); Seul (+1,01%); Japão (-0,01%).
Conheça o canal gratuito do Espaço Trader Easynvest no Telegram totalmente dedicado à Renda Variável. Tudo que você precisa para tomar as melhores decisões de investimentos, na palma da sua mão! Clique aqui. Twitter: @jfalcao_castro   

Cenário global e bolsa brasileira ontem:

  • O último pregão do mês de agosto foi de perdas no Ibovespa, conforme veio sinalizando no decorrer do mês e o risco fiscal foi o principal foco dos investidores que ficou na espera por mais detalhes da Lei Orçamentária Anual de 2021, encaminhada ontem ao Congresso Nacional, da prorrogação do auxílio emergencial e a sinalização sobre o Renda Brasil;
  • O Ibovespa fechou na mínima aos 99.369 pontos (-2,72%); no mês caiu 3,44% e no ano perde 14,07%.

Análise Gráfica – IBOV:

  • No gráfico diário do índice Bovespa, o último candle do mês fechou abaixo dos 100 mil pontos, sinalizando que em setembro podemos ter correções mais acentuadas no Ibovespa. Iniciamos o mês com cautela e atenção, nada está definido, porém o sinal de alerta foi dado durante todo o mês de agosto;    
  • Para viés ficar mais positivo, o IBOV precisa se consolidar-se acima da média móvel curta (21 períodos), para depois buscar a resistência em torno de 105 mil pontos;
  • Se o índice se consolidar abaixo dos 100 mil pontos, não seria surpresa uma correção de pelo menos 5.000 pontos, no curto prazo.  
  • Suporte: 100.000 (mínima de 4 de agosto)
  • Resistência: 105.500 (máxima do dia 21 de julho)
Indicadores
Brasil:
Balança Comercial Mensal
IPC-S Q4 (FGV)
PIB (IBGE)
PMI Industrial (agosto) (Markit)
Vendas de veículos (Fenabrave)
EUA:
Estoques de petróleo (API)
Gastos com construção (Departamento do Comércio)
PMI Industrial (agosto) (Markit)
Europa:
Alemanha: Desemprego / PMI Industrial (Markit) / Vendas no Varejo
Reino Unido: PMI Industrial (Markit) 
Zona do Euro: PMI Industrial (Markit) / Desemprego / Inflação (IPC)

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Ganhe dinheiro sendo sócio das maiores empresas do Brasil: Invista pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.