Siga nossas redes

Análise

Resumo dos Analistas: bolsas globais mistas; vacina em SP; PetroRio sobe 30%

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje, os destaques de ontem e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques (José Falcão Castro):

  • Os índices futuros de Nova York operam sem direção única, após o desentendimento entre duas das principais autoridades de política econômica dos EUA. O secretário do Tesouro contrariou os objetivos do presidente do Fed, Jerome Powell, ao dizer que não vai estender programas emergenciais de empréstimo que se encerram em 31 de dezembro;
  • E no meio deste atrito público nos EUA, os senadores voltam a debater o pacote de estímulos que virou novela sem fim, antes da eleição presidencial; o Dow Jones futuro recua 0,12% e Nasdaq (+0,07%), portanto estáveis;
  • Já as bolsas europeias avançam com alta das commodities e após as vendas no varejo britânico surpreenderem positivamente e impulsionam as ações do setor; a bolsa de Frankfurt avança 0,55%, Londres (+0,71%), Paris (+0,84%), Madri (+0,75%), Milão (+1,02%) e Lisboa (+0,76%);
  • Na Ásia, dúvidas sobre estímulos nos EUA impactaram o Nikkei (Japão), que caiu 0,42%; mas Xangai fechou em alta de 0,44% (+2,04% na semana) com novo programa governamental de estímulo a vendas de veículos;
  • No Brasil, Paulo Guedes, ontem à noite, no Bradesco BBI fez declarações que chamou atenção dos executivos presentes e pode impactar o câmbio hoje: “A nossa lógica é simples: a dívida tem que cair e a maneira de fazer isso é vender ativos, privatizar, desalavancar os bancos públicos e até vender um pouco de reservas.” Hoje, o ministro participa de reunião virtual do G20.
Sigam José Falcão C. Castro e Murilo Breder no Instagram e acompanhem suas análises de renda variável e informações do mercado.

Análise Gráfica – IBOV (José Falcão Castro):

  • O índice Bovespa vai se mantendo acima dos 105.700 pontos, porém quando as correções naturais de curto prazo aparecerem, é importante não cair abaixo do suporte de 102.000 pontos;
  • No curto prazo, o IBOV continua em forte tendência de alta e começa a consolidar também alta no longo prazo, ao se afastar das médias móveis de 21 e 200 períodos;
  • Suporte: 102.000 (mínima do dia 2 de novembro)
  • Resistência: 105.700 (máxima do dia 29 de julho)

Cenário global e bolsa brasileira ontem (Murilo Breder):

  • O bom humor com o avanço no desenvolvimento das vacinas continua por aqui. Após o susto de ontem com Nova York fechando escolas para evitar a disseminação do vírus, a quinta-feira foi mais um dia positivo para a Bolsa brasileira com o Ibovespa subindo +0,52% e fechando em 106.670 pontos;
  • Em um dia sem muitas novidades no cenário macro, a grande notícia de hoje é a chegada a São Paulo das primeiras 120 mil doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19, nesta quinta-feira (19), vindas da China. Desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, a vacina, que está na 3ª fase de testes, ainda precisa ser autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser aplicada na população, depois da finalização de testes;
  • A Pfizer também apresentou ao governo federal uma proposta de comercialização da vacina contra Covid-19 que permitiria a vacinação já no primeiro semestre do ano que vem de milhões de pessoas no país. A companhia não divulgou os valores;
  • Com isso, o “kit coronavírus” teve um excelente pregão. O principal destaque ficou para as ações da Gol (GOLL4, +4,9%). A companhia afirmou que ampliou sua oferta de voos para 372 voos diários em novembro, frente 363 em outubro. O patamar ainda responde por apenas 50% da oferta de voos diários no mesmo mês de 2019;
  • Porém, o principal destaque corporativo de hoje é para as ações da PetrioRio (PRIO3, +29,9%). As ações da petroleira brasileira PetroRio (PRIO3) dispararam após a British Petroleum anunciar que vendeu participações de dois blocos no pré-sal para a companhia, tornando-se assim operadora de ambos;
  • Como um dos blocos, Wahoo, fica a apenas 35 km do campo de Frade, onde a PetroRio já tem um navio que recebe e armazena o óleo, a empresa fará os dois campos compartilhar a mesma estrutura, reduzindo os seus custos drasticamente;
  • Segundo a companhia, a aquisição encaixa-se “perfeitamente na estratégia de geração de valor da Petro Rio”.
Indicadores
Brasil:
Relatório de receitas e despesas primárias (Tesouro Nacional) 
EUA:
Poços de petróleo em atividade (Baker Hughes)
Europa:
Zona do Euro: Índice de confiança do consumidor (preliminar de novembro)
Reino Unido: Vendas no varejo
Ásia:
Arábia Saudita: reunião dos ministros das finanças do G20 

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Invista nas maiores empresas do mundo com a maior facilidade do mercado. Invista em BDRs pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado BDR BDR

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.