Siga nossas redes

Análise

Resumo dos Analistas: Ibovespa segue forte; CoronaVac eficaz; Linx, Santander

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje, os destaques de ontem e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Destaques Morning Call (José Falcão Castro):

  • As bolsas globais tentaram esfriar no pregão de ontem, realizando quedas na Europa e nos EUA, com investidores atentos a segunda onda da pandemia que continua acelerando nestas regiões. Mas hoje, os mercados acordaram com uma ótima notícia para reanimar: estudos publicados pela revista científica Lancet apontam eficácia de 97% da vacina CoronaVac;
  • Porém, entre otimismo com vacinas e aceleração da covid, os índices futuros de NY e as bolsas europeias operam com cautela e sobem levemente; há instantes, o Dow Jones futuro avançava 0,29%, Nasdaq (0,40%), Frankfurt (+0,19%), Paris (+0,08%), porém a bolsa de Londres é exceção na Europa, em queda de 0,15%;
  • Mais cedo, as bolsas asiáticas fecharam mistas, mas o governo chinês prometeu agir para promover crescimento econômico e aliviou preocupação de que poderia reduzir estímulos;
  • No Brasil, os investidores estão na expectativa de avanços nas pautas econômicas para tirar o país da grave situação fiscal, após um 2020 de gastos extraordinários. A partir de agora será importante as negociações do governo com sua base aliada para definir uma calendário de votação das reformas, é isso que o mercado espera.
Sigam José Falcão C. Castro e Murilo Breder no Instagram e acompanhem suas análises de renda variável e informações do mercado.

Análise Gráfica – IBOV (José Falcão Castro):

  • Em mais um pregão de alta, demonstrando força ao ir na direção oposta das bolsas de NY, o índice Bovespa vai se firmando acima da resistência aos 105.700 pontos;
  •  Com esse movimento o viés fica cada vez mais positivo e o índice segue rumo aos 109.000 pontos;
  • No curto prazo, o IBOV continua em forte tendência de alta e começa a consolidar também alta no longo prazo, ao se afastando das médias móveis de 21 e 200 períodos;
  • Suporte: 102.000 (mínima do dia 2 de novembro)
  • Resistência: 105.700 (máxima do dia 29 de julho)

Cenário global e bolsa brasileira ontem (Murilo Breder):

  • Após acumularem altas de, respectivamente, 13,3% e 10,9% na primeira quinzena de novembro, o Ibovespa e o S&P 500 ameaçaram parar para respirar. No entanto, a tônica do mercado permaneceu positiva, com a possibilidade do surgimento de várias vacinas nos próximos meses e uma volta à normalidade em 2021, apesar do aumento recente dos casos de contaminação;
  • Nesta terça, os investidores seguiram olhando o lado positivo das notícias, sem permitir um movimento de realização de lucros. Dessa forma, o Ibovespa fechou o dia com alta de 0,77%, em 107.249 pontos;
  • O dia até abriu no negativo, mas a virada veio com as altas Petrobras (PETR4, +1,7%) e Vale (VALE3, +3,2%). A alta das blue chips está ligada à uma chegada cada vez mais forte do investidor estrangeiro na Bolsa brasileira.

Cenário corporativo (Murilo Breder)

  • Linx (LINX3, +2,9%): os acionistas da companhia se reúnem hoje em AGE para decidir sobre a incorporação de ações pela Stone. Hoje, antes da reunião, a StoneCo elevou a porção em dinheiro de sua oferta de aquisição da produtora e software para varejo;
  • A Linx também recebeu uma oferta rival da empresa de software Totvs (TOTS3), que não será colocada em votação nesta terça-feira. Com uma chance razoável de perder a disputa pela Linx, as ações da Totvs (TOTS3) recuaram -1,3%;
  • O conselho de administração do Banco Santander (SANB11, +1,9%) aprovou o início de um estudo para separar as suas participações acionárias na subsidiária Getnet Adquirência e Serviços para Meios de Pagamentos, por meio de uma cisão parcial da companhia. Semelhantemente ao caso Itaú-XP, os acionistas do Santander se tornariam acionistas diretos da GetNet;
  • Os bancos parecem ter descoberto esta nova forma de destravar valor recentemente. No início de setembro, o banco digital Next deixou de ser um departamento e foi convertido em empresa, pelo Bradesco. O modelo deve ser replicado em outras frentes e a próxima da fila deve ser a corretora Ágora;
  • Esse movimento dos bancos é parte da estratégia na competição com bancos digitais e fintechs, que vai acelerar com a introdução do PIX e do open banking, e com os hábitos digitais dos clientes, intensificados na pandemia.
Indicadores
Brasil:
Fluxo cambial semanal
IGP-M (prévia de novembro) (FGV)
EUA:
Construções de casas novas / Licenças de construção / Pedidos de hipoteca
Estoques de petróleo (DOE)
Europa:
Zona do Euro: Inflação (IPC)
Reino Unido: Inflação (IPC e IPP)

* Esse é um conteúdo de análise de um especialista de investimentos da Easynvest, sem cunho jornalístico. 

Renda Fixa sem pagar imposto de renda. Invista em CRI e CRA pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado BDR BDR

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.