Siga nossas redes

Cafeína

Vale: dividendos e menor produção — como a mineradora planeja 2021?

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 5 minutos

A Vale (VALE3) passou o Mercado Livre e se tornou a empresa mais valiosa da América Latina, devido à alta no valor das suas ações nos últimos meses. Os papéis estão em suas máximas históricas, superando o recorde anterior, registrado antes da crise de 2008.

A mineradora também registrou o seu maior lucro da história para um terceiro trimestre e foi a empresa de capital aberto mais lucrativa da América Latina no período, segundo a Economatica.

A disparada na bolsa e o ótimo resultado operacional são impulsionados pela alta do minério de ferro, devido à forte demanda chinesa, já que o país é o maior parceiro comercial da companhia. Mas a sombra do desastre em Brumadinho ainda paira sobre uma das maiores produtoras de minério de ferro e níquel do mundo, além da tragédia em Mariana. Apesar dos desastres, o preço da ação da vale praticamente dobrou desde Brumadinho. Para quem ainda não investe na empresa, será que ainda é vantajoso apostar suas fichas?

Com um valor de mercado avaliado em 430 bilhões de reais (na presente data), a mineradora possui não apenas um ponto fraco, mas dois: os desastres ambientais e sociais causados em Brumadinho e Mariana, em MG.

Para tentar reduzir os danos da tragédia em Brumadinho, a Vale tem buscado acordos de indenizações com mais de 8 mil e duzentas pessoas e trabalhado para reparar parte dos danos. Neste ano, a mineradora concluiu as estruturas de contenção de rejeitos do rio Paraopeba, para consertar o abastecimento de água nas cidades vizinhas a Brumadinho, e fez obras sociais, como a construção de unidades de saúde e creches e reformas em ginásios e escolas.

Apesar de todos os desafios ESG, a empresa tem conseguido convencer o mercado da sua resposta às tragédias. Ainda não foi assinado um acordo global de reparação por Brumadinho, mas foram reservados 19 bilhões de dólares para isso.

Falta agora que uma nova tentativa de acordo entre a empresa e o governo de Minas Gerais sobre Brumadinho tenha sucesso. A última tentativa ocorreu no dia 17 de novembro, mas o governo de Minas rejeitou a proposta de cerca de R$ 21 bilhões. O pedido de reparação por danos materiais e morais é de quase R$ 55 bilhões. A empresa também busca um acordo com o Ministério Público.

A conclusão dos acordos será benéfica à empresa, por diminuir uma das principais incertezas em torno da Vale: quanto e por quanto tempo a companhia terá que pagar pela reparação da tragédia, de forma a “virar a página” de vez.

Leia mais:
Por que a Vale já é uma empresa ‘sem dono’

No campo operacional, todos os resultados da empresa no terceiro trimestre vieram acima do esperado. O lucro líquido foi de 15,6 bilhões reais, 140% maior do que no mesmo período de 2019 e o maior lucro já contabilizado por uma empresa de capital aberto na América Latina para um terceiro trimestre.

As vendas de minério de ferro da Vale representaram mais de 80% das vendas. Só a China concentrou quase 60% dessas vendas. O país é o maior consumidor global de minério de ferro, vai ser um dos poucos do mundo que vai crescer em 2020 e deve manter a forte demanda em 2021. Por isso os investidores andam tão animados com a empresa: pelos resultados apresentados, pela alta do minério de ferro, pela demanda chinesa e pela tentativa de superar a tragédia em Brumadinho.

Recentemente, em seu evento com investidores denominado Vale Day, a companhia atualizou suas estimativas para os principais indicadores: produção, custos, investimentos e dívida. A projeção de produção de minério de ferro foi revisada para baixo em cerca de 10% e decepcionou o mercado.

A companhia já havia reduzido a sua expectativa de produção em abril, devido à pandemia. Ou seja: essa nova revisão mostra que a Vale ainda segue com desafios para retomar sua capacidade de produção após Brumadinho. Mas, ao mesmo tempo, como a empresa é uma das maiores produtoras de minério de ferro do mundo, quando ela produz menos o preço da commodity tende a subir ainda mais – o que beneficia a empresa.

A dívida da Vale está diminuindo, e a companhia planeja fechar 2020 com dívida líquida de 10 bilhões de dólares, abaixo da estimativa do banco Morgan Stanley, que é de 11,6 bilhões. Há também a expectativa de um elevado retorno de caixa para 2021, além de um bom pagamento de dividendos – que foram suspensos após a tragédia em Minas Gerais.

Com as cotações do minério de ferro em alta e boas perspectivas para 2021, analistas seguem sustentando a visão positiva para a Vale. As ações da empresa fecharam o primeiro pregão de dezembro em alta de mais de 4% e atingiram sua máxima histórica de fechamento: 81,25 reais.

Home Broker do Nu invest: mais rapidez e recursos para você, com taxa ZERO de corretagem em Ações! Aproveite já

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Agosto

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu