Siga nossas redes

Conta+

‘Agimos fortemente contra discursos de ódio há anos’: diretora geral do Twitter

Fiamma Zarife explica como a rede social tem avançado no combate a publicações preconceituosas e abusivas

Recentemente, muitas centenas de empresas, incluindo gigantes como Adidas, Coca-Cola, Heineken e Starbucks, aderiram ao movimento de boicote publicitário ao Facebook para pressionar a rede social a tomar providências severas contra a propagação de publicações com teor racista e discursos de ódio. Em entrevista a Dony De Nuccio, a diretora geral do Twitter no Brasil, Fiamma Zarife, afirmou que o combate profundo a esse tipo de conteúdo é uma grande preocupação da empresa há anos.

“Investimos também intensamente em inteligência artificial. Hoje, 50% dos tweets com discurso de ódio e abusivos já são identificados por tecnologia. E queremos aumentar cada vez mais esse percentual para não dependermos da denúncia dos usuários”, completou.

Outro assunto abordado no papo foram as novas funcionalidades lançadas pelo Twitter nos últimos meses, como os Fleets: publicações temporárias, que ficam no ar apenas 24 horas, semelhantes aos Stories do Instagram. E também tweets de áudio, que ainda estão em fase de testes, mas já ficam disponíveis para usuários de Iphone.

Fiamma ainda explicou quais foram as mudanças de comportamento dos usuários do Twitter por conta da pandemia de Covid-19 e também deu dicas valiosas para quem deseja ter mais engajamento na rede social para prosperar sua conta: “sigam pessoas com credibilidade, que falem sobre seus interesses e suas paixões. Depois, comece a compartilhar opiniões sobre esses temas. Usem hashtags e também imagens e vídeos, pois vídeos engajam quatro vezes mais do que somente texto”.

VEJA OUTRAS ENTREVISTAS:

O Twitter é uma das maiores redes sociais do mundo. Fundado em março de 2006, está atualmente disponível em mais de 40 idiomas, tem mais de 5.100 funcionários e mais de 35 escritórios pelo mundo.

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.

Últimas