Siga nossas redes

Economia

Entenda o cálculo do PIB

Soma de todas as riquezas do país serve não só para indicar se a economia cresceu, mas também para medir o bem estar da população.

Publicado

em

economia

Esta sigla com três letras está em todo lugar, mas o que está por trás dela? A grosso modo, o Produto Interno Bruto (PIB) é a soma de todas as riquezas geradas por um país. Ele é medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) a cada trimestre.

LEIA MAIS: PIB do Brasil cresce 1,1% em 2019, menor avanço em 3 anos

Seu resultado anual é um dos principais termômetros sobre a saúde de uma economia. Para chegar a este resultado, o IBGE usa dados de pesquisas anteriores que mediram o desempenho dos setores de serviços, indústria e agronegócio.

O cálculo do PIB mede a quantidade de bens e serviços produzidos ao longo de um período. Pode-se definir o PIB, também, como um indicador oficial do bem estar de uma população. Um resultado negativo, ou abaixo do esperado, pode apontar que a vida dos habitantes de um país piorou.

Mas não existe um consenso entre os economistas. Muitos afirmam que o PIB indica o crescimento, mas não o desenvolvimento, que deveria colocar na conta itens como a distribuição de renda e investimentos sociais, por exemplo.

O que entra na conta do PIB?

O PIB brasileiro é calculado sob dois pontos de vista diferentes: a demanda (despesa) e a oferta. Quando se olha para cada um deles, o resultado final, em valores, deve ser o mesmo. Pela despesa, é possível conhecer a soma de todos os gastos que levam à expansão da economia. Pela ótica da oferta, temos um panorama geral sobre tudo o que é produzido.

Do lado da demanda, entram os itens:

  • Consumo das famílias (maior peso): soma todas as despesas da população no mercado interno (supermercado, transporte, aluguel, crédito etc)
  • Investimentos das empresas: mede o quanto as empresas estão investindo em máquinas e bens para produzir outros bens, a chamada Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF).
  • Gastos do governo: tudo o que o governo gasta em bens e serviços, incluindo o salário de funcionários públicos, programas sociais e a Previdência Social.
  • Balança comercial: calcula o volume de bens e serviços que o país exportou, menos o que importou.

Do lado da oferta, entram os itens:

  • Serviços (maior peso): inclui atividades como comércio, transportes e educação.
  • Indústria: soma toda a produção de bens manufaturados no Brasil.
  • Agropecuária: mede as atividades de cultivo agrícola e criação de animais.

O que é PIB nominal e PIB real?

O PIB nominal é aquele que considera apenas o resultado em valores correntes sobre tudo o que foi produzido e consumido em um determinado período. O PIB real é este valor, menos os efeitos da inflação.

O que é PIB per capita?

O PIB per capita nada mais é que o resultado do PIB dividido pelo número de habitantes do país. Ele serve para mostrar quanto cada habitante produziu ou consumiu. Países com um PIB per capita maior indicam que a sua população tem uma qualidade de vida mais elevada.

Anúncio Patrocinado Dinheiro parado? Não mais! Invista e mudo o jogo! Dinheiro parado? Não mais! Invista e mudo o jogo!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.