Siga nossas redes

ESG

Cingapura entra na corrida dos títulos verdes com oferta de US$ 2,1 bi

País junta-se a Hong Kong e a países como a Alemanha e a Itália na venda de green bonds em 2023.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Cingapura levantou US$ 2,1 bilhões de dólares em títulos verdes ao reabrir um papel inaugural de 50 anos que vendeu no ano passado, acrescentando recursos aos seus esforços nas questões de mudanças climáticas.

A cidade-estado – que aumentou o tamanho de uma meta anterior de pelo menos US$ 1,8 bilhão – arrecadou US$ 2,75 bilhões de instituições e US$ 50 milhões por meio de uma oferta pública, de acordo com uma pessoa com conhecimento do assunto, que pediu para não ser identificada.

O emissor anunciou anteriormente os detalhes da venda no site da Autoridade Monetária de Cingapura, ou MAS, que atuou como agente governamental na venda.

A oferta sublinha a pressa dos mutuários em financiar projectos que proporcionem benefícios ambientais e apoiem o desenvolvimento sustentável.

Cingapura junta-se a Hong Kong e a países como a Alemanha e a Itália na venda de títulos verdes este ano, elevando a emissão global de notas pró meio ambiente por governos e empresas para mais de US$ 344 mil milhões até agora em 2023, um aumento de 18% em relação ao ano anterior, mostram dados da Bloomberg.

Cingapura estimou que os títulos terão retorno de 3,04%, dentro de uma meta anterior de cerca de 3,15%.

A venda faz parte de um esforço, anunciado no ano passado, para arrecadar até US$ 35 bilhões em financiamentos com foco no meio ambiente até 2030. Os recursos do acordo serão usados para financiar despesas de apoio ao Plano Verde de Cingapura 2030, incluindo o desenvolvimento de duas rotas em sua rede ferroviária elétrica, de acordo com comunicado no site do MAS em 21 de agosto.

A MAS contratou Citigroup Inc., DBS Bank Ltd., Oversea-Chinese Banking Corp., Standard Chartered Plc e United Overseas Bank Ltd. para a colocação em instituições, enquanto DBS, OCBC e UOB eram bancos participantes na oferta pública.

A nota com vencimento em agosto de 2072 era negociada acima do valor nominal, por cerca de 101 centavos de Cingapura, na quinta-feira (24). Isso representa uma queda em relação aos quase 125 centavos de maio, mas ainda estava acima da cotação anterior, de 98,976 centavos.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.