Siga nossas redes

Geral

3 fatos para hoje: CEO da Eletrobras renuncia; prejuízo da Marfrig e mais

Itaúsa vê lucro saltar 17% no trimestre e anuncia emissão de 135 milhões de novas ações para reforçar caixa da companhia.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 5 minutos

1 – CEO da Eletrobras renuncia ao cargo

Wilson Ferreira Junior apresentou ao conselho de administração da Eletrobras (ELET3) sua renúncia ao cargo de presidente da companhia, conforme fato relevante divulgado na noite desta segunda-feira, em nota que não traz explicações sobre a saída repentina do executivo.

Ferreira Junior assumiu a maior elétrica da América Latina em setembro de 2022, ainda no governo de Jair Bolsonaro, meses depois da privatização da companhia, em meados do ano passado.

Antes, tinha atuado como CEO da Vibra Energia e como CEO da própria Eletrobras

Para seu lugar na Eletrobras, o conselho elegeu Ivan de Souza Monteiro como novo presidente da companhia, o qual renunciou à função de presidente do referido colegiado.

No setor de energia, Monteiro já atuou como presidente da Petrobras durante o governo de Michel Temer.

Ele também foi CFO da petroleira, assumindo o cargo no governo Dilma Rousseff a partir de 2015, quando a empresa enfrentava uma crise financeira sob impacto do escândalo de corrupção investigado pela operação Lava Jato.

Para a função de presidente do conselho da Eletrobras, o colegiado elegeu Vicente Falconi Campos.

Wilson Ferreira Junior 29/01/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

2 – Marfrig registra prejuízo de R$ 784 mi no 2º tri

A Marfrig (MFRG3), segunda produtora global de carne bovina, reportou nesta segunda-feira prejuízo líquido de R$ 784 milhões no segundo trimestre, versus lucro de R$ 4,255 bilhões no mesmo período do ano passado, em um momento desafiador da oferta de bovinos especialmente nos Estados Unidos.

O prejuízo da empresa com operações nos Estados Unidos, Brasil, Uruguai, Argentina e Chile foi ampliado em relação aos 634 milhões de reais registrados nos primeiros três meses deste ano.

Segundo o CFO da Marfrig, Tang David, apesar do resultado líquido negativo, a companhia demonstrou a força de suas operações, com margem melhor do que suas concorrentes.

A margem Ebitda da Marfrig foi de 5,2% na operação da América do Norte e de 10% na América do Sul.

“Diante de todos os desafios a Marfrig performou melhor numericamente do que os pares”, disse David a jornalistas.

A geração de caixa medida pelo Ebitda somou 2,3 bilhões de reais, queda anual de 42,3%, mas um aumento de 53,5% em relação ao primeiro trimestre.

A empresa de alimentos BRF, cujo principal acionista é a Marfrig, contribui com cerca de 1 bilhão de reais no Ebitda no trimestre.

Já a receita líquida da Marfrig somou 32,5 bilhões de reais no segundo trimestre, abaixo dos 34,5 bilhões de reais do mesmo período do ano passado, mas um aumento em relação aos 31,76 bilhões de reais do primeiro trimestre deste ano.

Frigorífico da Marfrig em Promissão (SP)
Frigorífico da Marfrig em Promissão (SP) 07/10/2011 REUTERS/Paulo Whitaker

Aumento de capital

Em comunicado separado, a Marfrig anunciou que foi aprovado pelo conselho de administração um aumento do capital privado para a emissão de no máximo 300 milhões de ações ordinárias, ao preço R$ 7,21.

A operação deverá movimentar até 2,16 bilhões de reais, sendo que a totalidade do valor do aumento de capital será destinado à companhia, para sustentar seu plano de investimento.

O aumento de capital ocorre na esteira de uma emissão de ações da BRF. Naquela oportunidade, foi anunciado compromisso do acionista controlador da Marfrig de fazer um aumento de capital de 1,5 bilhão de reais.

3 – Itaúsa tem alta de 17% no lucro do 2º tri

A Itaúsa teve lucro líquido de R$ 3,59 bilhões no segundo trimestre, crescimento de 16,8% sobre o desempenho de um ano antes, informou a holding controladora do Itaú Unibanco na noite de véspera, segunda-feira em balanço ao mercado.

Em termos recorrentes, a companhia teve resultado positivo de 3,44 bilhões de reais, evolução de 14,5% na base anual.

A empresa também anunciou que seu conselho de administração aprovou a emissão de cerca de 135 milhões de novas ações para reforçar o caixa e melhorar o nível de liquidez da holding.

A empresa vai emitir 134.923.077 novas ações, das quais 46.366.756 ordinárias e 88.556.321 preferenciais, ao preço de 6,50 reais por papel. O preço embute um deságio de cerca de 30%, afirmou a Itaúsa.

Do resultado recorrente da Itaúsa no segundo trimestre, R$ 3,16 bilhões devem-se ao Itaú Unibanco, que soltou seus números do período na semana passada.

O chamado setor “não financeiro” da Itaúsa, teve resultado positivo de 254 milhões de reais, uma queda de 48% sobre o desempenho de um ano antes, pressionado por recuo de 75% no desempenho da transportadora de gás NTS.

O retorno sobre patrimônio líquido médio da Itaúsa foi de 19,1% no segundo trimestre, após 18,5% no mesmo período de 2022.

*Com Reuters

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.