Siga nossas redes

Geral

3 fatos para hoje: Reforma Tributária; Eletrobras destitui vice-presidente

E mais: mãe de Fernando Haddad morre e agenda do ministro é cancelada.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

1 – Eletrobras destitui ex-executivo da Delta de vice-presidência

A Eletrobras (ELET3) informou nesta segunda-feira que seu conselho de administração destituiu João Carlos de Abreu Guimarães da vice-presidência de comercialização da companhia.

O executivo está envolvido em uma denúncia apresentada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por suposta fraude em operações do grupo Delta Energia, segundo noticiado pela Folha de S.Paulo. Guimarães era diretor de um dos fundos da Delta que teriam sido ganhos com supostas operações simuladas de compra e venda de energia.

Em comunicado anterior, a Eletrobras havia dito que estava acompanhando o assunto e que os fatos narrados na notícia não possuem correlação com a atuação da Eletrobras.

2 – Reforma Tributária deve ser discutida hoje na Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e lideranças da Casa avaliam a possibilidade de abrir nesta segunda-feira, 3, a discussão da proposta de emenda constitucional da reforma tributária no plenário da Casa, segundo pessoas ouvidas pelo Estadão.

A definição só deve sair, contudo, após consultas a bancadas e frentes parlamentares. Além disso, o dia da votação ainda dependeria das negociações durante a semana, com intenção de aprovar o texto até sexta-feira, 7.

O assunto foi debatido em reunião que acontece na noite deste domingo, 2, na residência oficial da presidência da Câmara, em Brasília.

O encontro foi chamado por Lira para as lideranças definirem um cronograma e os procedimentos de votação dos projetos econômicos nesta semana. Lira quer colocar em deliberação a tributária, o projeto que retoma o voto de qualidade do Conselho de Administração de Recursos Fiscais (Carf) e o arcabouço fiscal. Além da possibilidade de as discussões da PEC da Tributária serem abertas, a segunda-feira deve ser usada para votação da proposta do Carf, que está trancando a pauta da Câmara por estar tramitando em regime de urgência.

Plenário da Câmara dos Deputados 01/02/2021 REUTERS/Adriano Machado

3 – Mãe de Haddad morre e ministro cancela agenda desta 2ª

 O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, cancelou sua agenda desta segunda-feira (03) devido à morte de sua mãe na noite de domingo (2).

De acordo com nota divulgada pela assessoria do Ministério da Fazenda, Norma Theresa Goussein Haddad morreu aos 85 anos em São Paulo, após lutar contra um câncer por três anos.

Além do ministro, ela deixa ainda as filhas Priscila e Lúcia. O velório e o sepultamento serão realizados no Cemitério Gethsemani-Morumbi, em São Paulo, nesta segunda-feira.

A agenda de Haddad previa nesta segunda-feira a instalação da Comissão de Assuntos Econômicos do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social Sustentável (CDESS) e participação na cerimônia de sanção ao Projeto de Lei que trata da igualdade salarial e remuneratória entre mulheres e homens

Ele ainda tinha no fim do dia reunião com o governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB).

Com Reuters e Estadão

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.