Siga nossas redes

Geral

3 fatos para hoje: UBS compra Credit Suisse; China mantém juros inalterados

E mais: temporada de balanços chega na penúltima semana.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

1 – UBS compra Credit Suisse e assume até 5 bilhões de francos suíços em perdas

O UBS acertou a compra do banco concorrente suíço Credit Suisse por 3 bilhões de francos suíços (3,23 bilhões de dólares) em ações e concordou em assumir até 5 bilhões de francos em perdas, em uma fusão projetada pelas autoridades suíças para evitar mais turbulências no mercado bancário global.

Em um sinal de uma resposta global coordenada, o Banco Central Europeu (BCE) prometeu apoiar os bancos da zona do euro com empréstimos, se necessário, acrescentando que o resgate do Credit Suisse foi “decisivo” para restaurar a calma.

O chair do Federal Reserve, Jerome Powell, e a secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, mostraram satisfação com o anúncio das autoridades suíças de apoio à estabilidade financeira.

O acordo de compra do Credit Suisse pelo UBS inclui 100 bilhões de francos suíços em assistência de liquidez do banco central suíço para os dois bancos.

Para possibilitar que o UBS assuma o Credit Suisse, o governo federal está oferecendo uma garantia de perda de no máximo 9 bilhões de francos suíços para uma parte claramente definida do portfólio, disse o governo.

Isso será ativado se as perdas forem realmente incorridas nessa carteira. Nessa eventualidade, o UBS assumiria os primeiros 5 bilhões de francos, o governo federal os próximos 9 bilhões de francos e o UBS assumiria quaisquer perdas adicionais, disse o governo.

A agência reguladora da Suíça FINMA disse que havia o risco de que o Credit Suisse pudesse se tornar “ilíquido, mesmo que permanecesse solvente, e era necessário que as autoridades tomassem medidas”.

2 – BC chinês deixa taxa de juros inalteradas

O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) deixou suas principais taxas de juros inalteradas por mais um mês. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 20, o PBoC informou que manteve a taxa de juros de referência para empréstimos (LPR, na sigla em inglês) de 1 ano em 3,65% e a taxa para empréstimos de 5 anos em 4,30%.

A manutenção das LPRs era amplamente esperada, uma vez que o PBoC recentemente decidiu não ajustar os juros de sua linha de crédito de médio prazo e de acordos de recompra reversa de sete dias.

O PBoC, no entanto, anunciou no fim da semana passada um corte de 25 pontos-base na taxa de compulsório bancário.

3 – Temporada de balanços chega na penúltima semana

A temporada de balanços do quarto trimestre de 2022 tem mais duas semanas para divulgação de resultados. Nesta segunda-feira, 20, está previsto a divulgação dos balanços de três companhias: Brisanete (BRIT3), Itaúsa (ITSA4) e Simpar (SIMH3).

A semana encerrada na sexta-feira, 24, terá a divulgação Cemig (CMIG4), Ser Educacional (SEER3), PDG Realty (PDGR3) e Tecnisa (TCSA3).

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.