Siga nossas redes

Geral

Como ser afiliado da Shopee, Shein, Magalu e outros varejistas?

Quer saber como funcionam os programas que oferecem comissões pela divulgação dos produtos e serviços de grandes empresas? Confira neste texto.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 13 minutos

Como ser afiliado
Imagem de Mamewmy/Freepik

Com a ascensão das vendas pela internet, a pergunta “como ser um afiliado?” de lojas virtuais tornou-se dúvida comum. Por certo tempo, o termo era associado apenas a sites como Hotmart, mas a estratégia de marketing de afiliados tem sido utilizada por muitas plataformas e em tipos diferentes de produtos e serviços.

Continue a leitura para descobrir o passo a passo de como tornar-se um afiliado de grandes redes do comércio eletrônico como Shopee, Shein e outras varejistas, além da resposta para outras dúvidas comuns. 

O que é marketing de afiliados?

O termo afiliado refere-se à pessoa que faz parte de uma sociedade e/ou associação.

O marketing de afiliados, ou marketing de influência, é uma estratégia baseada na relação entre o produtor, ou prestador de serviço, e o afiliado – pessoa que faz a divulgação ou recomendação de um produto ou serviço, influenciando a venda desse produto ou serviço por meio de uma plataforma.

Segundo a Hotmart, uma das mais famosas plataformas de marketing digital envolvendo o programa de afiliados, um afiliado tem como missão ajudar a ampliar as formas e canais de comunicação que ajudam a atrair a atenção de compradores. 

Imagem Freepik

“Trata-se de um modelo de publicidade bastante interessante para quem trabalha com vendas digitais”, diz a plataforma.

De maneira simplificada, o afiliado divulga o produto e recebe em troca uma comissão por cada venda gerada por ele. No entanto, também existem outras formas de remuneração, que variam segundo cada plataforma.

Cada vez mais comum para quem busca obter uma renda extra em casa, o marketing de afiliados tem sido usado por diversas companhias também, como Shopee e Shein. 

É importante lembrar que, apesar de esta ser a base da estratégia, cada empresa a adapta da forma que for mais conveniente ao seu negócio, conforme será mostrado mais abaixo.

Riscos e vantagens

Se tornar afiliado possui como vantagem a geração de renda extra pelo meio digital, sem sair de casa. Mas dependendo do seu tempo para se dedicar à estratégia e objetivos que quer atingir, a atividade pode virar uma fonte de renda ainda mais significativa.

Segundo o Sebrae, existem vantagens tanto para produtores quanto para afiliados. 

“Para os produtores, significa aumento do alcance dos seus infoprodutos. Já para o afiliado, é possível dizer que os benefícios são: liberdade, praticidade e baixo custo”.

SEBRAE.

Para ser afiliado, não é necessário fazer um investimento alto ou desenvolver seu próprio produto. A vantagem é justamente ganhar uma comissão indicando produtos ou serviços de outros. 

Os custos serão com as estratégias de marketing utilizadas na divulgação. Se o afiliado já produz conteúdo, pode utilizar a seu favor vendendo coisas relacionadas a ele.

Diferentemente de criar sua própria empresa e gerenciar os custos, aqui o afiliado apenas divulga negócios já existentes e exclui os altos riscos de empreender.

Um dos riscos é não atentar-se à empresa a qual irá se afiliar. Por isso, é necessário verificar a reputação, as diretrizes, os valores de comissão e analisar bem os produtos que estará divulgando para evitar problemas. 

O que é necessário para ser um afiliado?

Cada programa de afiliado possui critérios específicos, que variam de acordo com a empresa. No entanto, de maneira geral, além do básico, acesso à internet, existem alguns requisitos essenciais a serem cumpridos, com base na análise de alguns dos principais programas de afiliados:

  • Ser maior de idade: para ser um afiliado, é necessário ter mais de 18 anos;
  • Possuir um e-mail válido: para concretizar o cadastro, é solicitado um e-mail de contato, para onde serão enviadas todas as informações necessárias para o afiliado;
  • Fornecer dados pessoais e documentos de identificação;
  • Estar presente nas redes sociais ou outros meios, como blogs: o usuário precisa estar presente em redes ou sites na internet, onde pode divulgar os produtos/serviços da plataforma de afiliados;
  • Ter uma conta em uma das plataformas de programas de afiliados, como Hotmart, Monetizze, Shopee ou Shein, por exemplo.

Quanto ganha um afiliado?

Não é possível determinar com exatidão quanto ganha um afiliado. Os valores variam bastante de acordo com a plataforma, já que cada uma possui uma porcentagem de comissão, e muda segundo o produto/serviço divulgado.

Segundo um levantamento do Glassdoor (antiga Love Mondays), a média salarial de afiliados no Brasil é de R$ 10.634 por mês. 

A remuneração variável de afiliado no país é de R$ 8.731, variando entre R$ 195 e R$ 17.267. O cálculo inclui as remunerações de empresas como Hotmart, Monetizze, Magazine Luiza e outras.

Confira abaixo algumas das formas de remuneração adotadas pelas plataformas:

  • CPA (custo por ação): o custo por ação é atribuído quando o cliente clica no link do afiliado e realiza alguma ação, como uma assinatura ou venda concretizada.
  • CPL (custo por Lead): esse tipo de comissão é paga por cada indicação/cadastro qualificado em seu site.
  • CPC (custo por clique): o custo por clique define o pagamento com base na quantidade de cliques recebidos por meio do seu link.
  • CPM (custo por mil impressões): representa o valor pago a cada mil vezes em que um anúncio aparece para o público.

O tipo de estratégia utilizada e seu perfil de afiliado também podem contribuir para a diferença na remuneração.

Apesar de existirem diversas classificações na internet para o tipo de afiliado Iniciante, afiliado médio ou afiliado avançado, segundo a Hotmart, pode-se dividi-los em dois grupos: afiliado autoridade e afiliado árbitro.

O primeiro foca em construir audiência, utilizando blog ou redes sociais, um bom volume de tráfego, um relacionamento com a audiência e construir uma base sólida de leads (oportunidades de negócio), preparando-a para a venda.

Já o segundo foca em estratégias para conversões imediatas. Ou seja, ele investe capital em anúncios e campanhas direcionadas para a compra de um produto. 

Como ser afiliado na Shopee

Reprodução Blog da Shopee

O processo para ser afiliado Shopee é bem simples. Segundo a plataforma, não é preciso ser um expert em divulgação na internet e nem ter milhões de seguidores.

Você faz a inscrição no programa de afiliados e passa a ter acesso a links customizáveis de todos os produtos vendidos na plataforma e pode divulgá-los por meio de suas redes sociais, sites ou blogs. Basta escolher o produto e divulgar o link.

A cada venda gerada por você, ou seja, utilizando seu link, você ganha uma comissão.

Quer saber como ser afiliado da Shopee? Confira os passos abaixo:

  • Primeiramente, faça o login em sua conta na Shopee utilizando email e senha cadastrados, ou por  sua conta no Google ou no Facebook;
  • Já logado, clique em seu perfil “Eu” e desça até a opção “Programa de Afiliados”;
  • Preencha o formulário da plataforma com todos os dados pessoais solicitados e clique no botão para receber código de verificação por email;
  • Após seguir os passos, é necessário informar suas redes sociais ou site nos quais divulgará seus links;
  • Por fim, basta preencher a pesquisa da Shopee e aguardar o e-mail da equipe para iniciar suas vendas.

Como ser afiliado na Shein

Logotipo da Shein é fotografado em escritório da empresa no distrito comercial central de Cingapura 18/10/2022 REUTERS/Chen Lin

A Shein oferece aos afiliados uma comissão de 8% do valor total do pagamento no caso de primeira compra feita por novo usuário e de 2% do total de pagamento no caso da compra  realizada por um usuário que não seja novo, realizadas por meio dos links comissionáveis.

Diferentemente de outras plataformas, a Shein é um pouco mais rigorosa com relação aos participantes do seu programa de afiliados.

Além de ter mais de 18 anos, é necessário ser membro nível S3 no Shein VIP.

Ou seja: para ser aprovado você precisa acumular uma boa quantidade de pontos por meio de compras feitas na Shein. 

Além disso, apesar de não exigir uma quantidade mínima de seguidores para aprovar o cadastro de afiliado, a plataforma solicita os links de suas redes sociais: Instagram, Facebook, Twitter, YouTube e TikTok. Portanto, é necessário estar presente nas redes.

A plataforma também restringe o número de vagas, de 3 mil por mês.

Confira os passos abaixo sobre como ser afiliado na Shein:

  • Primeiramente, o usuário deve se cadastrar no programa de filiados da Shein. Portanto, clique no link já mencionado e faça login com a sua conta Shein;
  • Você será redirecionado para o questionário de inscrição, no qual deve confirmar a idade e nível da conta (obrigatoriamente S3 VIP)
  • Basta preencher os campos com seus respectivos dados pessoais e link da rede social.
  • Ao confirmar, basta aguardar o e-mail da plataforma.

Como ser afiliado na Amazon

REUTERS/Brendan McDermid

A Amazon, além de ser uma das pioneiras nessa estratégia, possui um dos maiores programas de afiliados e funciona de maneira similar aos que já vimos.

O usuário “compartilha produtos e programas disponíveis na Amazon com seu público por meio de ferramentas de criação de links personalizados e ganha dinheiro sobre compras qualificadas e ações dos clientes”, diz o site da Amazon.

No entanto, as comissões variam de acordo com a categoria do produto. Além disso, a plataforma também possui critérios a serem atendidos por seus afiliados.

Segundo o site da Amazon, “a participação está aberta para blogueiros, editores e criadores de conteúdo que tenham um site, uma rede social ou um app qualificado”.

Ou seja, para fazer parte do programa de afiliados da multinacional, é necessário um pouco mais do que o básico. É preciso ser um usuário qualificado e cumprir os requisitos impostos pela empresa.

Para realizar o cadastro, o usuário deve preencher o formulário de afiliado da Amazon, fazendo login com a sua conta na plataforma e informado os dados solicitados.

A inscrição será revisada e será aprovada se os critérios de qualificação forem respeitados.

Se interessou pela ideia de ter seu próprio negócio? Confira aqui 5 negócios lucrativos para empreender.

Como ser afiliado na Hotmart

Divulgação/Hotmart

Famosa quando o assunto é afiliação, a Hotmart oferece “um espaço para quem deseja criar ou divulgar um produto digital, possibilitando que qualquer um possa ensinar o que têm de melhor para o mundo inteiro”, segundo o site.

Essa plataforma, que possibilita a monetização de diversos produtos digitais, ou infoprodutos, é voltada à educação a distância (EAD) e oferece diversos cursos e e-books.

Segundo o site, cada vez que uma venda é realizada com sucesso, 4 partes podem receber comissões: o Produtor, o Coprodutor, a Hotmart e um Afiliado.

As comissões são calculadas sobre o valor líquido do produto (valor bruto menos a taxa da Hotmart). Não é necessário fazer cálculos, pois a informação de quanto cada um irá receber na venda será exibida automaticamente na tela de detalhamento.

A Hotmart sugere que a comissão de afiliado seja de 30 a 50%, mas os valores variam de acordo com o produto e com o infoprodutor, pois são definidas por ele. 

Para tornar-se um afiliado, basta criar sua conta; escolher um produto com o qual se identifique para vender; utilizar as ferramentas disponibilizadas pela plataforma e divulgar seu produto online para conseguir as vendas.

Como ser afiliado na Magazine Luiza

Placa em frente a centro logístico do Magazine Luiza. 24/4/2018. REUTERS/Paulo Whitaker

O Magazine Luiza oferece o programa Parceiro Magalu Divulgador, com comissões de até 12% em cada venda.

O usuário Pessoa Física cria uma loja virtual no Magazine Luiza e com ela pode vender pela internet todos os produtos do site da varejista.

Segundo o site, o usuário cria sua loja na plataforma, assiste aos conteúdos disponibilizados pela varejista para que aprenda a divulgar e divulga para iniciar as vendas.

Os requisitos para participar são bem básicos: é preciso ser maior de 18 anos, possuir uma conta corrente ou poupança vinculada ao seu CPF e o número do PIS, e não é preciso nenhum investimento inicial.

Sua loja virtual no Magazine Luiza será apenas uma “vitrine” para os produtos que você escolher vender. Você pode customizá-la e deixá-la do seu jeito, mas uma vez escolhido o nome da loja, não pode ser mudado.

Atenção, pois caso receba algum benefício do INSS, a criação da loja pode interferir. 

“Ao criar sua loja você estará na categoria Novato. Quanto mais você vende, mais pontos ganha e sua loja pode chegar ao nível diamante”, diz o site da varejista.

É preciso acessar o link do programa e seguir os passos para o cadastro.

Outras opções de plataformas para se tornar afiliado

Lomadee (SocialSoul)

A Lomadee (SocialSoul) gerencia as transações entre produtores, afiliados e clientes e tem como foco a venda de produtos físicos, especialmente de marcas de destaque como Renner e Nike. 

Segundo a empresa, os consultores SocialSoul (afiliados) são pessoas (físicas ou jurídicas) que utilizam suas redes de influência, geralmente blogs, sites e portais, páginas e grupos em redes sociais, disparadores de e-mail marketing, comparadores de preços, comprador de mídias e de palavras, sites de cupons de desconto e cashback, para divulgar produtos/serviços de empresas que pagam comissão após a venda ou lead serem aprovados.

Os produtos são organizados por categorias e o afiliado escolhe quais quer divulgar.

As formas de comissionamento da plataforma são CPA e CPL, conceitos já explicados no subtítulo sobre quanto ganha um afiliado.

Ou seja, além da comissão por venda concretizada ou assinatura, há a opção de ganho por clique.

As porcentagens de comissão da Lomadee variam de 4% a 6%, de acordo com o departamento do produto.

Para fazer seu cadastro, basta acessar o link e clicar em “cadastrar-se” no canto superior direito da página, preencher os campos do formulário e confirmar.

Monetizze

Também uma plataforma de infoprodutos, a Monetizze funciona de maneira similar à Hotmart.

Basta fazer o cadastro, escolher quais produtos deseja promover e começar a divulgar seus links de afiliado. 

Confira os critérios da plataforma para ter seu cadastro aprovado.

A comissão é definida pelo produtor e pode variar de produto para produto. 

É importante lembrar que, assim como na Hotmart, caso a afiliação do produto seja aberta, você será adicionado imediatamente como afiliado. Caso ela seja fechada, uma solicitação será enviada ao produtor e é preciso aguardar até que ele aceite. 

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.