Siga nossas redes

Cafeína

Estratégia das empresas de streaming se sobressai aos gigantes do cinema?

Neste Cafeína, Dony De Nuccio faz uma análise de Disney, Amazon, Netflix, além de Warner e Paramount.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 1 minuto

Na pandemia, o streaming ganhou o lugar nas poltronas das casas dos assinantes, enquanto a industria de Hollywood amargou salas de cinemas fechadas. Mas agora, com o retorno das atividades, como estão as receitas das respectivas companhias? E as projeções para suas ações listadas em bolsa?

Os números dos últimos lançamentos, como, Barbie e Oppenheimer, surpreenderam já que as salas de cinemas ficaram lotadas no mundo todo arrecadando cifras expressivas. Só no Brasil, os dois filmes arrecadaram no final de semana de estreia, quase R$ 100 milhões. A quantidade de pessoas que foram aos cinemas superou o de filmes lançados antes da pandemia, período que marcou uma queda quase total de arrecadação. A dúvida agora é se o cenário se inverteu, se será vista a ressurreição dos grandes estúdios e se vale a pena investir no setor.

Neste Cafeína, Dony De Nuccio faz uma análise de Disney, Amazon, Netflix, Warner e Paramount, além de dar dicas de séries e filmes no InvestCult.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.