Siga nossas redes

Cafeína

O que é melhor: investir em 1 iPhone 12 ou em 212 BDRs da Apple?

Os brasileiros precisam trabalhar 12 meses e meio para poder comprar um iPhone 12 Pro Max, vendido atualmente por R$ 13.999 no site da Apple.

Publicado

em

O Brasil é o país que tem o iPhone mais caro do mundo. Os brasileiros precisam trabalhar 12 meses e meio para poder comprar um iPhone 12 Pro Max, vendido atualmente por R$ 13.999 no site da Apple.

O modelo “top de linha” chegou ao Brasil em outubro de 2020 custando US$ 2.535. No México, o mesmo modelo era vendido a US$ 1.819, e nos EUA, US$ 1.591.

Enquanto os brasileiros precisam trabalhar mais de 12 meses para conseguir comprar um iPhone 12 Pro Max, os alemães precisam de apenas 28 dias.

A diferença gritante e que pesa no bolso dos brasileiros é justificada pelo real desvalorizado e os impostos sobre o produto importado. 52% do valor são destinados ao pagamento de tributos. Ou seja: mais de R$ 7 mil de um único produto são destinados aos cofres do governo brasileiro.

Há quem pese na balança se vale a pena o “investimento” em um aparelho de celular tão valorizado assim. Mas será que um iPhone pode ser considerado como um investimento? Ele se valoriza?

O que geralmente acontece é que a cada ano a Apple lança um modelo que desbanca o anterior. Até plano de assinatura a companhia tem para os aficionados pela marca garantirem seu futuro aparelho no próximo lançamento.

Já os BDRs – os recibos de ações – da Apple (AAPL34), estes sim são um (bom) investimento. Nos últimos doze meses eles valorizaram 48%. Em uma hipótese, os R$ 14 mil do iPhone teriam se transformado em R$ 20.720, segundo a cotação do dia 13 de maio.

Por mais que rentabilidade passada não é garantia de futuro, saber onde investir as moedas tem os seus benefícios.

Invista nas maiores empresas do mundo sem sair de casa e sem pagar taxa de corretagem! Invista em BDR

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!