Siga nossas redes

Cafeína

Entre altas e baixas: os BDRs e as ações que se destacaram no semestre

Encerrado o 1º semestre de 2021, veja quais os papeis de companhias listadas no Brasil e nos Estados Unidos que se destacaram na B3.

Publicado

em

O primeiro semestre do ano chegou ao fim e para alegria dos investidores, o Ibovespa, principal índice da B3, não desapontou o mercado. Entre idas e vindas, o índice manteve seu ritmo de alta, renovando máximas, e fechando a primeira metade do ano próximo aos 127 mil pontos.

Mas isso não significa que o índice da B3 não enfrentou gigantes nos primeiros seis meses de 2021. De risco fiscal, a atraso nas vacinas, passando pela retomada do auxílio emergencial e da Selic. Mesmo assim, 10 companhias listadas registraram as maiores altas do Ibovespa. São elas: Marfrig (MRFG3), Locaweb (LWSA3), Vale (VALE3), PetroRio (PRIO3) CSN (CSNA3) CVC (CVCB3), Hering (HGTX3) , Embraer (EMBR3), Banco Inter (BIDI11) e Braskem (BRKM5).

AçãoAlta semestral
Braskem (BRKM5)152,65%
Banco Inter (BIDI11)137,1%
Embraer (EMBR3)113,22%
Hering (HGTX3)100%
CVC (CVCB3)40,11%
CSN (CSNA3)39,97%
PetroRio (PRIO3)38,84%
Vale (VALE3)37,81%
Locaweb (LWSA3)34,51%
Marfrig (MRFG3)33,39%

*Fonte Valor Pro

Já as empresas que amargaram as maiores quedas, foram: SulAmerica (SULA11), Sabesp (SBSP3), Lojas Americanas (LAME4), Cyrela (CYRE3), TIM (TIMS3), BB Seguridade (BBSE3), Ultrapar (UGPA3), Eztec (EZTC3) IRB Brasil (IRBR3) e Pão de Açúcar (PCAR3).

AçãoQueda semestral
Pão de Açúcar (PCAR3)-34,22%
IRB Brasil (IRBR3)-29,46%
Eztec (EZTC3)-26,53%
Ultrapar (UGPA3)-20,73%
BB Seguridade (BBSE3)-20,72%
Tim (TIMS3) -20,53%
Cyrela (CYRE3)-17,3%
Lojas Americanas (LAME4)-17,14%
Sabesp (SBSP3)-17,03%
SulAmerica (SULA11)-16,56%

BDRs

Já os BDRs – os recibos de ações – chegaram a registrar uma alta de 94% no acumulado dos últimos seis meses do ano, assim como uma queda de quase 18%.

Entre as maiores altas, estão os recibos de ações de companhias, como: Transocean, L Brands, Occidente PTR, Simon Prop, Macys, CoPhilips, Exxon Mobil, Nvidia, Wells Fargo, Apache Corporation.

BDRSAlta semestral
Transocean (RIGG34) 94%
L Brands (LBRN34)79,7%
Occidente PTR (OXYP34)67,7%
Simon Prop (SIMN34)53%
Macis (MACY34)51,7%
CoPhilips (COPH34)48,6%
Exxon Mobil (EXXO34)47,4%
Nvidia (NVCD34)46,3%
Wells Fargo (WFCO34)46%
Apache Corporation (A1PA34)44,2%

* Fonte: TradeMap

Já entre as maiores quedas estão os BDRs de companhias, como: Take Two Int, Spotify, JD Com, Mercado Livre, Baidu, Uber, Alibaba, Qualcom, Sony e Walt Disney.

BDRsBaixa semestral
Take Two Int (T1TW34)-17,98%
Spotfy (S1PO34)-17,19%
JD Com (JDCO34)-14,4%
Mercado Libre (MELI34)-12%
Baidu (BIDU34)-10%
Uber (UIBE34)-9,3%
Alibaba (BABA34)-9%
Qualcom (QCOM34)-8,3%
Sony (SNEC34)-7,5%
Walt Disney (DISB34)-7,4%

Cenário americano

Segundo o especialista em BDRs, Murilo Breder, da Easynvest by Nubank, o semestre foi marcado por uma preocupação maior do mercado com a inflação norte-americana, que registrou vários dados acima da expectativa. A grande dúvida do momento é se esse patamar maior da inflação americana é temporário ou se veio para ficar.

Apesar de o Fed (Federal Reserve) não ter elevado a taxa de juros no período, o mercado ficou receoso com os dados de inflação e a curva de juros futuros subiu. E isso afetou bastante as empresas mais ligadas à tecnologia como Uber, Mercado Libre e Alibaba pois, além de serem empresas cujo real valor está no longo prazo, são empresas que dependem muito da captação de empréstimos.

Dessa forma, junto com o movimento de reabertura econômica com o avanço das vacinas nos EUA, aconteceu uma rotação de setores. O mercado migrou para empresas de tecnologia e que vendem online para setores mais tradicionais como petróleo, varejo de moda offline e bancos. Por isso que entre as altas vemos a gigante de moda Macys, a petroleira Exxon Mobil, que também foi beneficiada pela alta do petróleo nos últimos 12 meses, e o banco Wells Fargo, que aliás, tem como investidor Warren Buffet.

Os bancos norte-americanos também se beneficiaram por serem uma proteção aos investidores, já que eles ganham mais com um maior spread bancário em um cenário de juros mais altos, que é o que pode ocorrer caso a inflação persista e o Fed se veja obrigado a subir os juros mais cedo que o esperado

* Com a colaboração de Katherine Rivas

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Operar pelo Home Broker do Nu invest está ainda mais rápido e com um novo visual. Comece agora!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!