Siga nossas redes

SO$ Finanças

‘Buy and hold’: quais objetivos melhor se encaixam à estratégia?

Conheça alguns exemplos que o investidor pode aplicar ao segurar investimentos de olho no longo prazo.

Publicado

em

por

Wander Vicente*

Tempo médio de leitura: 5 minutos

Relógio. (Foto: Pixabay)

Pergunta do leitor: Quais objetivos financeiros melhor se encaixam na estratégia buy and hold?

Resposta de Wander Vicente*:

Quando se trata de investimentos, existem diversas modalidades no mercado e, em cada uma delas, podem existir muitas estratégias diferentes.

A estratégia buy and hold é uma das possibilidades em um universo muito amplo. É um jargão no mundo dos investimentos que significa, em uma tradução livre, comprar e manter. Uma posição buy and hold significa investir recursos financeiros em bons ativos (ações de boas empresas, por exemplo) e permanecer fiel a estas aplicações por período indeterminado, enquanto as análises das informações mostrarem que os ativos têm alta qualidade, independente da variação de preços no curto prazo.

O lucro com a compra e venda de ativos, comumente conhecido por você, tem um papel secundário na estratégia buy and hold, o que faz muito investidor despreparado ficar “com o cabelo em pé” com isso, principalmente em momentos de baixa. A venda dos ativos ocorre, principalmente, quando existe uma perda de fundamentos como resultado de uma análise fundamentalista (que consiste na avaliação de uma empresa de acordo com sua situação financeira e mercadológica) e o investimento deixa de ser atraente para o investidor e não quando o preço cai ou sobe.

Esse tipo de estratégia é indicado principalmente para investidores que têm objetivos de longo prazo e não se assustam facilmente com as mudanças de preço de ativos com base no comportamento humano ou do mercado com eventualidades.

Então, se você tem objetivos com prazo de 10, 15, 20 ou mais anos, é uma estratégia que, possivelmente, você deva avaliar junto a um profissional ou empresa de investimentos. Vamos a alguns exemplos de cenário nos quais você pode usar a estratégia buy and hold, de acordo com objetivos financeiros, como estratégia principal ou composição de uma estratégia maior:

  • Planejamento de aposentadoria: a estratégia pode te ajudar a, no longo prazo, acumular mais patrimônio até a hora que você decidir viver dele;
  • ·Viver de rendimentos: a estratégia pode te ajudar a montar uma carteira onde os rendimentos pagos por cada ativo contribuam para a sua renda mensal/anual ou para reaplicação;
  • ·Formação de patrimônio e/ou herança: a estratégia pode ser usada como parte de uma estratégia maior para acumular o maior patrimônio possível para o seu usufruto ou de herdeiros no futuro.

Esses são só alguns exemplos.

4 vantagens da estratégia buy and hold:

1)  Economia no custo de transações (corretagens, taxas e impostos, por exemplo): devido à baixa movimentação (compra e venda) de ativos, o custo é infinitamente menor se comparado ao cenário em que você compra e vende ativos com alta frequência;

2)  Como a posição “holder” foca no longo prazo, não há necessidade de acompanhar o mercado todos os dias e os seus ativos podem ser reavaliados com espaço de tempo maior;

3)  A manutenção dos ativos significa maior previsibilidade e constância em relação ao fluxo de rendimentos (dividendos, por exemplo);

4)  Menos ansiedade para o investidor com mentalidade “holder”, pois entende que é normal a oscilação de preços de mercado e não sofre com as altas e baixas como os investidores que praticam Day Trade ou investimentos de curto prazo.

3 cuidados ao usar a estratégia buy and hold:

1)  Tenha um profissional ou empresa devidamente qualificados ao seu lado na hora de construir uma estratégia de investimentos. É preciso ter muita atenção na hora de escolher quem estará ao seu lado pois isso pode impactar diretamente o resultado da sua estratégia de investimento. Procure estruturas que tenham alinhamento de interesse com você, ou seja, se o seu patrimônio cresce, a renda da estrutura cresce e vice-versa (no longo prazo, isso pode fazer muita diferença);

2)  Mesmo com a estratégia buy and hold, o ideal é você ter gestão ativa dos seus investimentos, através de uma empresa ou profissional ao seu lado sempre avaliando o mercado no cenário atual e projeções futuras. O mundo é extremamente dinâmico e, mesmo em uma estratégia de longo prazo, você precisa estar atento as mudanças periódicas apontadas pelas diversas análises fundamentalistas na estratégia buy and hold;

3)  Diversificar com profissionalismo é imprescindível ao se construir uma estratégia buy and hold com objetivo de otimizar a performance do seu resultado no longo prazo. A diversificação estratégica em conjunto com análises fundamentalistas de alta qualidade são essenciais para quem quer aproveitar ao máximo as possibilidades da estratégia buy and hold. Não se engane ao acreditar que você conseguirá sozinho construir uma carteira otimizada e estratégica (é possível, mas não é comum).

Por fim, se você ainda tem dúvida sobre a qualidade da estratégia buy and hold, basta saber que Warren Buffett, considerado por muitos o maior investidor do mundo, é um forte adepto dessa estratégia (a estratégia buy and hold é o carro chefe da sua carteira de investimentos).

Buy and hold traz uma mentalidade simples e eficaz de investimento, trazendo uma abordagem mais tranquila para os investidores e, se feita da forma certa, já se provou extremamente eficaz para os mais diferentes objetivos de longo prazo.

*CFP® – Planejador Financeiro da Fiduc

Veja também

‘Buy and Hold’: a tática para ganhar dinheiro com ações no longo prazo

Veja também

Ganhe dinheiro com hospitais, shoppings e outros empreendimentos, tudo com taxa ZERO de corretagem! Invista em Fundos de Investimento Imobiliários

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Julho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu