Siga nossas redes

SO$ Finanças

Sacar o dinheiro da reserva de emergência para quitar uma dívida é bom negócio?

Especialistas respondem a dúvidas dos leitores sobre seu dinheiro; envie sua pergunta por e-mail.

Publicado

em

por

Tiago Almeida

Tempo médio de leitura: 3 minutos

dívidas

Pergunta do leitor: Tenho uma dívida e gostaria de saber se seria vantajoso sacar todo o dinheiro da reserva de emergência para quitar.

Resposta de Tiago Almeida*:

Boa pergunta!

Antes de decidir o que fazer precisamos identificar a origem dessa dívida.

Pode ser oriunda do aumento do consumo, reajuste de algum contrato ou mesmo através de uma despesa pontual. Pode ainda ter origem na redução da receita mensal, com a queda no faturamento do negócio ou perda do emprego.

Independentemente da origem, devemos primeiramente revisar o orçamento e simular se a quitação dessa dívida com o recurso irá tornar o orçamento mensal positivo, ou seja, se irá sobrar dinheiro caso seja tomada essa decisão. Uma dica importante é multiplicar por 12 essas despesas, pois assim podemos encontrar alguns pontos de contingência mais relevantes.

Na revisão do orçamento devemos analisar as despesas por categoria na tentativa de reduzir o custo, seja com a substituição, seja com a renegociação ou até mesmo interrupção de algum consumo que não seja essencial para a família.

Se existirem no orçamento financiamentos ou empréstimos, devemos priorizar a renegociação para que seja equalizado o orçamento e tenhamos um saldo positivo mensal.

Os juros dos contratos de créditos quando atrasam sofrem frequentemente uma sobretaxa que o torna ainda mais caro para ficar em dia. Assim, devemos agir com antecedência, antes que seja tarde.

Após revisar esses pontos é possível decidir se é coerente o uso da reserva de emergência e qual o impacto terá no longo prazo e em quanto tempo iremos reestabelecer o nível ideal de colchão de segurança.

Outra dica importante é evitar ao máximo zerar a reserva de emergência, pois podemos ter uma emergência maior para sanear e o recurso pode fazer muita diferença.

*Tiago Almeida é planejador fiduciário da Fiduc.

As informações neste artigo são de inteira responsabilidade do autor e não do InvestNews e das instituições com as quais ele possui ligação. Envie sua pergunta para [email protected]

LEIA MAIS:

Com o Tesouro é assim: você empresta dinheiro para o Governo a troco de juros. Bora investir? Aproveite hoje!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Julho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu