Siga nossas redes

Oi

OI PN N1
2,67
Reais (BRL - R$)
-2,91% Variação (Dia)
2,65 Mínimo (Dia)
3,05 Máximo (Dia)
Fechamento Anterior: 2,75
Abertura: 2,79

A Oi (OIBR4) é uma empresa de telecomunicações do Brasil que já teve muito destaque no mercado nacional. No entanto, a companhia está em processo de recuperação judicial desde 2016. As ações da Oi – OIBR3 (ordinárias) e OIBR4 (preferenciais) estão em negociação na B3 desde 2012. Confira abaixo a cotação da OIBR4 e saiba mais sobre os dividendos dessa ação.

História da Oi

A história da Oi começa em 1998, ainda como Telemar, a partir da privatização do setor de telecomunicações. Naquele momento, a empresa atuava em 16 estados brasileiros. Quatro anos mais tarde foi criada a Oi Móvel.

Após a reestruturação societária, em 2012, a OI começou a negociar ações na B3 e na bolsa de Nova Iorque. Neste mesmo ano, a companhia entrou em um longo processo de crise e dívidas, que resultou na recuperação judicial iniciada em 20 de junho de 2016.

A Oi começou a ter problemas depois da falência do banco, que era o garantidor da fusão entre a Telemar e a Portugal Telecom. Como resultado da aprovação do plano de recuperação judicial, as dívidas com os acionistas foram convertidas em ações. Assim, a Oi encerrou o primeiro trimestre de 2018 com uma dívida total de R$ 13,5 bilhões.

Em 2020, foi anunciada mais uma reestruturação da empresa com a venda de ativos como a área de telefonia móvel para pagar dívidas. Em janeiro do ano seguinte, foi celebrado o Contrato de Compra e Venda de Ações das SPEs Ativos Móveis junto com a Telefônica Brasil (Vivo), TIM e Claro.

Quem são os acionistas da Oi

Conforme dados da B3, em maio de 2022, os acionistas da Oi eram: Brookfield Asset Management (8,44% do total de ações) e VIC DTVM (0,13%). Além disso, havia 9,8% das ações em tesouraria, e os 81,63% restantes estavam distribuídos entre outros acionistas. 

OIBR4 paga dividendos?

A OIBR4 não paga dividendos desde 2013, apesar de serem ações preferenciais. Entre 2014 e 2021, a empresa só teve um resultado positivo, no ano de 2018.