Siga nossas redes

Economia

Credores da Argentina criticam política econômica ‘errática’ e atrasos com FMI

País vizinho teve seu nono default em 2020, ao deixar de pagar US$ 503 milhões em juros da dívida

Publicado

em

por

Reuters
Pedestres caminham em frente ao banco central da Argentina, em Buenos Aires 19/02/2020 REUTERS/Agustin Marcarian

Um grupo de grandes credores da Argentina criticou o país sul-americano por suas políticas econômicas “erráticas”, que afirmam estar afetando o crescimento e pesando nos preços dos títulos, cinco meses após o governo reestruturar cerca de US$ 65 bilhões em dívida externa.

O grupo de detentores de títulos, envolvido na reestruturação que curou o nono ‘default’ soberano da Argentina, acrescentou que teme que as negociações com o Fundo Monetário Internacional sobre um novo acordo estejam “subordinadas à política”.

“Um programa do FMI é a única fonte provável de âncoras para a política econômica e uma estrutura de médio prazo confiável que pode trazer estabilidade”, disse o documento. “No entanto, o governo parece estar pensando seriamente em adiar um acordo com o FMI para ter a liberdade de continuar com suas políticas insustentáveis.”

A Argentina está atualmente em negociações sobre um novo programa do FMI para substituir uma linha de crédito fracassada de 2018, da qual o país já recebeu cerca de US$ 44 bilhões que não pode pagar. Esse acordo é visto como a chave para fortalecer a posição econômica do país.

O governo da Argentina não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Diversifique a sua carteira e deixe que um gestor especializado cuida pra você! Invista em Fundos de Investimento!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.