Siga nossas redes

Economia

Início de construção de moradias nos EUA cai mais do que o esperado em setembro

Queda foi de 8,1% no mês passado, segundo dados do Census Bureau.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A construção de moradias nos Estados Unidos caiu mais do que o esperado em setembro, liderada por uma queda de 13,1% em projetos com várias unidades, de acordo com dados do Census Bureau divulgados nesta quarta-feira.

O início de construções habitacionais caíram 8,1% no mês passado, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 1,439 milhão de unidades.

Os dados de agosto foram revisados para uma taxa de 1,566 milhão de unidades, contra 1,575 milhão informadas anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters projetavam uma taxa de 1,475 milhão de unidades.

A política monetária agressiva do Federal Reserve enfraqueceu significativamente o mercado imobiliário, com a maioria dos indicadores caindo para níveis vistos pela última vez durante a primeira onda da pandemia da covid-19, em 2020.

Em contraste, outros setores da economia, como o mercado de trabalho, mostraram resiliência apesar das tentativas do banco central dos EUA de esfriar a demanda.

Desde março, o Fed elevou sua taxa de juros de quase zero para uma faixa de 3,00%, e a expectativa agora é de que ela termine o ano na faixa de 4%, com a inflação ainda a mostrar sinais de abrandamento.

As licenças para futuras construções de casas subiram 1,4%, para uma taxa de 1,564 milhão de unidades, em setembro. O investimento residencial fixo diminuiu em seu ritmo mais acentuado em dois anos no segundo trimestre, contribuindo para a segunda queda trimestral consecutiva do Produto Interno Bruto durante esse período.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.