Siga nossas redes

Economia

Setor de serviços tem o pior novembro dos últimos 3 anos

A taxa acumulada no ano foi de 0,9%.

Publicado

em

O setor de serviços caiu 0,1% em novembro, em comparação ao mês de outubro, apresentando o pior resultado para novembro nos últimos 3 anos. Relatório foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (14).

Na comparação com novembro de 2018, houve alta de 1,8%, já abatendo o efeito da inflação. A taxa acumulada no ano foi de 0,9%. Em 12 meses, houve elevação também de 0,9%.

O volume de serviços recuou em 16 dos 27 estados brasileiros. A maior recessão foi em Mato Grosso com declínio de 5,7%, seguido por Espírito Santo com 3,5%, Pernambuco com 3,0%, Santa Catarina 1,8% e Minas Gerais com queda de 1,1%.

Atividades afetadas

Três das cinco atividades de serviços registraram perdas de outubro para novembro, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços.

Em transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio houve queda de 0,7%, seguidos por informação e comunicação com baixa de 0,4% e serviços prestados às famílias com 1,5%.

Os setores de serviços profissionais, administrativos e complementares tiveram alta de 0,1% e 1,7% na atividade de outros serviços.

Atividades turísticas registrou queda de 1,9% em novembro.

Anúncio Patrocinado Dinheiro parado? Não mais! Invista e mudo o jogo! Dinheiro parado? Não mais! Invista e mudo o jogo!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.