Siga nossas redes

Espaço Nubank

Nubank permitirá comprar e vender ações em seu app e recruta time de influencers

Novidade está em fase final de desenvolvimento e deve ser disponibilizada até o final do ano.

Publicado

em

Nubank/Divulgação


O Nubank, plataforma digital com 40 milhões de clientes, anunciou nesta segunda-feira (4) que vai permitir aos clientes comprar e vender ações e BDRs (recibos de empresas listadas no exterior) dentro de seu próprio app. A novidade está em fase final de desenvolvimento e deve ser disponibilizada até o final do ano.

Para divulgar a ação, o banco lançou sua primeira campanha voltada exclusivamente a investimentos. Sob o mote “Donos do Pedaço”, a ação explica o que significa ser dono de um “pedacinho” de empresas por meio do investimento em ações ou BDRs e outras modalidades de investimentos, como fundos de investimentos e produtos de renda fixa.

“Queremos democratizar o acesso ao mercado de capitais para que mais e mais pessoas possam se tornar sócias de uma empresa, assim como mostrar que isso está ao alcance de qualquer um como uma opção de resultados a longo prazo”, afirmou por comunicado Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank.

Segundo Junqueira, há ações ou BDRs no mercado com valores acessíveis e o primeiro passo para começar a investir é ter informação. “Estudar o mercado e entender os riscos é super importante”, declarou por nota oficial.

Campanha com influenciadores


Segundo o Nubank, o conteúdo desenvolvido para a campanha visa promover o acesso de mais brasileiros a investimentos, incluindo o mercado de capitais. Para isso, foi desenvolvida uma série de vídeos criativos em parceria com 12 influenciadores digitais de diferentes áreas.

Os parceiros incluem canais do YouTube como KondZilla, Manual do Mundo, Juliana Luziê, Futirinhas, entre outros. O Nubank também criou um hub de conteúdo focado em ações dentro do blog Fala, Nubank que, a partir de agora, também traz informações sobre a bolsa de valores. Nele, estão disponíveis conteúdos didáticos – em vídeo e textos – como “Como funciona a bolsa?” e “Por onde começar?”, por exemplo.

Com os youtubers, o banco digital buscou traduzir riscos e oportunidades do
investimento em ações em linguagem do dia a dia. A precondição era não serem especialistas em finanças, com o objetivo de mostrar que todo mundo pode entender mais
sobre investimentos.

Veja também

Seja sócio das maiores empresas do Brasil com corretagem ZERO! Invista em Ações

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!