Siga nossas redes

Finanças

Dólar sobe e fecha a R$ 5,50, maior nível em 2 meses

Moeda americana ganhou força em dia de ajuste negativo nos ativos de risco no exterior.

Publicado

em

por

InvestNews *
dólar

O dólar fechou em forte alta frente ao real, após chegar a superar a marca de R$ 5,51 nesta segunda-feira (11) – o maior patamar desde novembro. A moeda emendou a quarta alta consecutiva, puxada pela realização de lucros no mercado externo em meio a mais incertezas sobre os rumos da pandemia e a aumento nas taxas de juros de títulos.

MAIS:

O dólar subiu 1,60%, a R$ 5,5036 na venda – após chegar a mais de R$ 5,51 na máxima do dia. É o maior patamar de fechamento desde 5 de novembro, quando encerrou em R$ 5,54.

Em quatro pregões seguidos de alta, a cotação acumulou ganhos de 4,54%. Desde 10 de dezembro, quando bateu uma mínima em seis meses (5,0417 reais), a moeda salta 9,16% e, apenas em 2021, ganha 6,01%.

O Banco Central interveio no câmbio nesta segunda-feira ao vender 500 milhões de dólares por volta de 13h40 para dar liquidez ao mercado. As compras diminuíram num primeiro momento, mas depois voltaram a ganhar tração.

Dia de correção

O dia foi de correção em vários ativos de risco, como bolsas, moedas emergentes e petróleo, depois de uma escalada recente que levou as duas primeiras classes de ativos a patamares recordes.

“Após uma primeira semana do ano de forte valorização, a sessão desta segunda-feira é de queda para as principais bolsas internacionais. Além de um movimento natural de realização, investidores monitoram a aceleração dos casos de coronavírus e a reta final do governo Trump”, disse o BTG Pactual digital.

O número global de casos de covid-19 ultrapassou 90 milhões, segundo contagem da Reuters, com os Estados Unidos contabilizando recordes de mortes diárias e variantes descobertas inicialmente no Reino Unido e na África do Sul se espalhando rapidamente.

(*Com informações da Reuters)

Ganhe dinheiro com as variações cambiais enquanto seu patrimônio fica protegido. Invista em Dólar!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!