Siga nossas redes

Finanças

Petrobras e Novonor protocolam pedido para venda de participação na Braskem

Operação deve movimentar cerca de R$ 8 bilhões.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A Petrobras (PETR3 PETR4) e a NSP Investimentos (Novonor, antiga Odebrecht) protocolaram na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro de oferta pública de distribuição secundária de ações (follow-on) que ambas detêm na petroquímica Braskem (BRKM3 BRKM5).

De acordo com informações da CVM, a petroleira tem atualmente 36,14% dos papéis em circulação da Braskem, enquanto a Novonor é dona de 38,32%.

Segundo prospecto preliminar, a Petrobras irá ofertar 75.704.061 ações preferenciais classe A, enquanto a a NPS irá emitir 79.182.486 papéis. Com a venda de um total de 154.886.547 ações da Braskem, as operações devem movimentar cerca de R$ 8 bilhões na B3 e na Bolsa de Nova York (Nyse).

O documento mostra ainda que o preço por ação será fixado após a conclusão do procedimento de coleta de intenções de investimento com investidores institucionais, o chamado Bookbuilding.

O valor por papel será definifo com base na cotação de fechamento das ações preferenciais da empresa na B3 e dos ADSs (recibo de ação negociado na Nyse), em 13 de janeiro de 2022, de R$ 52,05 e US$ 18,80, respectivamente. “Valores estes meramente indicativos do preço por ação, podendo variar para mais ou para menos, conforme a conclusão do procedimento de bookbuilding”, afirma o prospecto.

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.