Siga nossas redes

Finanças

Poupança fica no negativo em setembro se descontada a inflação

Segundo Economatica, aplicação teve queda de 0,46% em 12 meses.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

A poupança registrou em setembro o pior desempenho desde agosto de 2016, segundo levantamento divulgado nesta sexta-feira pela Economatica. O rendimento foi de 2,67%, mas, descontando a inflação, a aplicação teve retorno negativo de 0,46% no mês.

Os dados levam em conta a variação em 12 meses e a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – considerado a inflação oficial no país.

Em setembro, o IPCA teve variação de 0,64%, maior alta para o mês desde 2003, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também nesta sexta.

Comparação

Nos últimos 12 meses terminados em setembro, o rendimento da poupança descontada só perde para o do principal indicador da bolsa, o Ibovespa, ainda segundo o levantamento da Economatica.

Em uma lista com 7 itens, o maior rendimento foi do ouro, que, descontada a inflação, registrou desempenho positivo de mais de 60%. A alta foi seguida pela subida de 41% do euro e de 31% do dólar.

Já o Certificado de Depósito Interbancário (CDI) teve variação de 0,4%, também descontada a inflação, enquanto o Ibovespa teve queda de 12,43%.

Leia também: Perda em dólar do Ibovespa em 2020 só fica atrás da bolsa argentina

Ganhe dinheiro com as variações cambiais enquanto seu patrimônio fica protegido. Invista em Dólar!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Agosto

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu