Siga nossas redes

Finanças

Recuperação do petróleo mantém Bolsa com alta

Seguindo tendência de recuperação internacional, Bolsa opera com leve alta.

Publicado

em

por

InvestNews
Ações
Crédito: Shutterstock

A moeda americana abriu em queda ante o real nesta quinta-feira (2), seguindo seus pares internacionais, mas já oscila próximo de zero. A bolsa brasileira abriu em alta, também seguindo as tendências internacionais de incerteza com a pandemia e um possível fim na guerra pelo preço do petróleo.

Por volta das 14h45, o dólar comercial era vendido a R$ 5,2745, subindo 0,25%. Já o principal índice da B3, o Ibovespa, operava em alta de 1,65%, aos 72.237 pontos.

Ontem, a B3 iniciou o mês de abril em forte baixa nesta quarta-feira (1). Contudo, o Ibovespa conseguiu reverter o impacto ao longo do dia encerrando em queda de 2,81% aos 70.966 pontos. A alta das ações da Petrobrás (PETR4) garantiu que o pregão não ficasse abaixo dos 70 mil pontos.

Cenário interno

No Brasil, há pelo menos 240 mortos pela doença e 6.836 pessoas contagiadas, mas o Ministério da Saúde admite subnotificação dos casos. Segundo o G1, o Brasil tem ao menos 23 mil testes de coronavírus à espera do resultado – ou seja, o triplo de casos confirmados.

Além disso, há preocupação interna com a demora para execução das medidas emergenciais pelo governo Bolsonaro e com a precariedade do sistema de saúde do País para atender às necessidades da pandemia. O auxílio de R$ 600, por exemplo, demorou 48 horas para ser sancionado, com três vetos, e só há uma data, 10 de abril, para iniciar o pagamento aos inscritos do Bolsa Família. Sem contar que o presidente Jair Bolsonaro ainda não desistiu das críticas aos governadores que defendem o isolamento social.

Bolsonaro disse mais cedo que as ações do governo para o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 estão “a todo vapor” e que o pagamento já deve começar na semana que vem. A lei sobre o voucher foi sancionada ontem pelo presidente, mas ainda não foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Já o Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu ontem, em reunião extraordinária, adiar a implementação de mudanças na portabilidade de crédito que tinham sido aprovadas ainda no ano passado e autorizou o Banco Central a firmar contratos de swap com o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos).

Em 19 de março, o Fed abriu uma linha de liquidez em dólares em até US$ 60 bilhões para os BCs do Brasil, Austrália, Coreia do Sul, México, Cingapura e Suécia. A medida significa na prática um reforço às reservas internacionais do Brasil.

Destaques da Bolsa

Um possível fim para a guerra no preço do petróleo puxa a valorização dos papeis das petroleiras em todo mundo. E aqui no Brasil não é diferente. A petrobras lidera as altas hoje e mantém o Ibovespa em alta.

Por volta das 14h45, as ações preferenciais da Petrobras (PETR4) subiam 10,63%, valendo R$ 15,82. As ações ordinárias (PETR3) subiam 11,75% ao preço de R$ 15,88.

Com a demanda aumentada pelas restrições de consumo durante a quarentena, as ações do Carrefour (CRFB3) subiam 8,01%, valendo R$ 21,30.

Estados Unidos

Ontem, o presidente dos EUA, Donald Trump, se mostrou confiante de que Arábia Saudita e Rússia logo chegarão a um acordo para encerrar a prejudicial guerra de preços de petróleo que recentemente derrubou as cotações da commodity para os menores níveis em 18 anos. Em reação à fala de Trump, os futuros do petróleo chegaram a saltar mais de 10% durante a madrugada.

Por outro lado, a rápida propagação do coronavírus nos EUA mantém investidores cautelosos. Os casos de infecção nos EUA dobraram entre sexta-feira e ontem, para mais de 200 mil, mantendo o país numa indesejável posição de liderança no mundo. E a Casa Branca estima que a Covid-19 – como é conhecida a doença causada pelo vírus – poderá matar entre 100 mil e 240 mil pessoas no território americano.

O impacto do coronavírus já começou a ser sentido na economia dos EUA, em especial no mercado de trabalho. Na manhã de hoje, vai ser divulgada a pesquisa de pedidos de auxílio-desemprego, que provavelmente continuarão na casa dos milhões, após atingirem recorde na semana passada.

Bolsas Asiáticas

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, impulsionadas por ações de petrolíferas, em meio a esperanças de que Arábia Saudita e Rússia possam chegar a um acerto e encerrar sua guerra de preços do petróleo. O avanço do coronavírus nos EUA, no entanto, continua preocupando à medida que ameaça cada vez mais a maior economia do mundo.

Na China continental, o Xangai Composto subiu 1,69% hoje, a 2.780,64 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 2,26%, a 1.697,55 pontos.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng se valorizou 0,84% em Hong Kong, a 23.280,06 pontos, e o sul-coreano Kospi teve alta de 2,34% em Seul, a 1.724,86 pontos, mas o japonês Nikkei foi na contramão e recuou 1,37% em Tóquio, a 17.818,72 pontos, pressionado por ações financeiras e de montadoras. Em Taiwan, não houve negócios nesta quinta devido a um feriado local.

Ganhe dinheiro sendo sócio das maiores empresas do Brasil: Invista pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.