Siga nossas redes

Geral

5 fatos para hoje: reunião com a Pfizer; privatização da Eletrobras

O Senado tem sessão convocada para a votação, na quarta-feira, da MP que trata da privatização da companhia.

Publicado

em

Logotipo da Eletrobras visto em instalações da empresa no Rio de Janeiro REUTERS/Pilar Olivares

1- Senado deve votar MP da privatização da Eletrobras na quarta-feira

O Senado tem sessão convocada para a votação, na quarta-feira, da medida provisória que trata da privatização da Eletrobras (ELET3).

Já aprovada pelos deputados, a medida precisa agora ser avaliada pelos senadores. Caso seja modificada durante essa etapa da tramitação, terá de voltar para uma segunda votação na Câmara dos Deputados. Mas se os senadores optarem por aprová-la sem qualquer alteração, a MP segue para sanção presidencial.

A medida provisória precisa ter sua tramitação concluída no Congresso Nacional até o dia 22 de junho, quando perde sua validade.

2- Em meio à CPI, Bolsonaro se reúne com presidente da Pfizer

O presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e outras autoridades reuniram-se na segunda-feira em audiência virtual com o presidente da Pfizer (PFIZ34) da América Latina, Carlos Murillo, em meio às discussões da CPI da Covid do Senado que investiga, entre outros assuntos, a demora do governo federal em comprar vacinas contra o coronavírus para o Brasil.

Segundo uma fonte do governo, a reunião tratou da possibilidade de antecipação para junho de doses da vacina da Pfizer para o país.

O governo fechou em março um contrato para a aquisição de 100 milhões de doses da vacina da Pfizer, a serem entregues até o final de setembro. Segundo a última estimativa do Ministério da Saúde, a farmacêutica deve entregar neste mês 12 milhões de doses e mais 8 milhões em julho.

Mas o próprio Murillo disse à CPI que o novo acordo em negociação previa mais 100 milhões de doses a serem entregues no quarto trimestre deste ano.

O encontro desta segunda, que não constava inicialmente na agenda oficial do presidente, foi divulgado pelas redes sociais do Palácio do Planalto.

Em fotos, aparecem, além de Bolsonaro e Queiroga, os ministros das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Procurada, a Secretaria de Comunicação da Presidência não respondeu de imediato os pedidos de comentário por maiores informações.

A atuação do governo na aquisição de vacinas contra covid está na mira da comissão de inquérito. Carlos Murillo já depôs à CPI e deu detalhes sobre as tratativas com o ministério para se fechar um acordo com o Brasil, inclusive relatando falta de retorno do governo às solicitações apresentadas.

3- Trabalhador de baixa instrução atua 12,9% menos, mostra Ipea

Os trabalhadores brasileiros com menor nível de instrução foram os mais prejudicados pelo choque provocado pela pandemia de covid-19 no mercado de trabalho, aponta um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). No primeiro trimestre de 2021, o número de horas trabalhadas pelos profissionais com ensino fundamental incompleto despencou 12,9% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Por outro lado, as pessoas com ensino superior completo trabalharam 11,7% mais horas que no mesmo período do ano anterior.

O levantamento mostra perda no número de horas trabalhadas também para quem tinha o ensino fundamental completo (-6,0%) e ensino médio completo (-4,1%). As informações têm como base os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O estudo faz parte do cálculo do Índice de Qualidade do Trabalho (IQT), que começa a ser divulgado pelo Ipea, combinando informações de mercado de trabalho com dados de escolaridade e experiência de trabalhadores. O objetivo é acompanhar a evolução da produtividade do trabalho no país.

“Com base nesse indicador, analisamos as mudanças de composição do trabalho no Brasil de 2012 a 2020, que apresentam um viés de melhora mais acentuada nos momentos de crise econômica – período em que os trabalhadores menos qualificados estão mais expostos ao desemprego“, explica o Ipea, na Carta de Conjuntura divulgada na segunda-feira, 14.

Houve crescimento médio de 2,31% ao ano na qualidade da população ocupada no mercado de trabalho brasileiro durante entre o segundo trimestre de 2012 até o primeiro trimestre de 2021. O resultado tem influência da melhora no nível educacional da população em idade ativa, mas é também puxado pela saída acelerada de trabalhadores com grau de instrução mais baixo em períodos de crise econômica.

O Índice de Qualidade do Trabalho (IQT) cresceu 2,7% ao ano na comparação entre o primeiro trimestre de 2014 e o quarto trimestre de 2016, e 11,9% ao ano na comparação entre o quarto trimestre de 2019 e o segundo trimestre de 2020, auge do impacto econômico provocado pela crise sanitária.

“Já nas fases de expansão econômica, o crescimento médio ficou entre 0,90% a.a. (ao ano) e 1,5% a.a. (ao ano) – bem inferior às variações dos períodos recessivos. Assim, concluímos que a participação relativa dos grupos demográficos mais qualificados aumentou em decorrência da maior perda líquida de vagas dos trabalhadores de baixa qualificação em períodos de turbulência econômica”, apontou o Ipea.

4- Prevent Senior diz que não recomenda cloroquina e que médicos têm autonomia

A Prevent Senior informou, por meio de nota, que não recomenda, enquanto operadora de saúde, o uso de nenhuma droga ou tratamento. A manifestação ocorre depois que o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) notificou a Hapvida e a Prevent Senior pelo uso de cloroquina e outros medicamentos comprovadamente ineficazes contra a covid-19.

“Os médicos têm total autonomia para adotar ou prescrever terapias ou medicamentos que julguem os mais adequados para cada paciente, levando-se em conta o histórico médico individual. Este acompanhamento é facilitado porque o histórico clínico de todos os mais de 530 mil beneficiários é registrado digitalmente, o que garante segurança à conduta dos médicos. Um ponto importante: os indicadores de letalidade entre os pacientes de Covid atendidos pela Prevent estão abaixo das médias registradas tanto no País quanto no Estado de São Paulo”, disse a Prevent na nota.

Segundo nota do Idec, as operadoras contrariam as recomendações de órgãos nacionais e internacionais e pressionam médicos a aplicarem o chamado “tratamento precoce”, colocando em risco a saúde e a segurança dos consumidores.

O Idec pede que a Hapvida e a Prevent Senior revejam imediatamente seus protocolos internos, interrompam o envio de medicamentos sem eficácia comprovada aos usuários, cessem a pressão sobre médicos e prestem esclarecimentos aos consumidores sobre os riscos do chamado “tratamento precoce” por todos os meios disponíveis, inclusive jornais de grande circulação do País.

As empresas têm 15 dias corridos para responder à notificação.

5- Samsung entra em setor de redes 5G na Europa

A operadora britânica de telecomunicações Vodafone escolheu a Samsung Electronics para fornecer equipamentos de rede 5G na Inglaterra, em um marco significativo para a fabricante sul-coreana na Europa.

Os termos do acordo não foram revelados. A Inglaterra já determinou que todos os equipamentos produzidos pela Huawei sejam retirados de suas redes 5G até o final de 2027, aderindo a uma campanha dos Estados Unidos contra a companhia chinesa.

A Samsung está apostando na Europa para manter o crescimento de sua divisão de equipamentos de rede, afirmou um executivo da companhia neste mês.

“Ainda está longe de alcançar Ericsson e Nokia, mas a Samsung tem um portfólio bem formado de 5G RAN então pode ser considerada como uma competidora de fato”, disse o analista Richard Webb, da CCS Insight.

(*Com informações de Reuters e Estadão Conteúdo)

Veja também:
• Investimento de Warren Buffet no Nubank pode afetar os ‘bancões’?
 • Quando o ‘ruído’ atrapalha seus investimentos
 • Real digital: o que é, o que muda e quais países já implementaram suas moedas?
 • Concorrente da B3 é ‘possível’, mas precisa ter diferencial, dizem analistas
 • BTG Pactual anuncia investimento minoritário na gestora Perfin
 • Petrobras avança com venda de fatia na BR: bons dividendos a caminho?
 • ETF de mercados emergentes estreia nesta terça-feira na B3

Faça seu dinheiro começar a render mais hoje! Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!