Siga nossas redes

Geral

Ficou sabendo? Google adia chip personalizado; alavancagem em ESG

E mais: ETFs dominam fluxos de emergentes com menor fatia de gestores.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Google adia lançamento de chip de telefone totalmente personalizado até 2025, diz The Information

01/07/2020 REUTERS/Arnd Wiegmann

Google (GOGL34), da Alphabet Inc., adiou o lançamento de um chip totalmente personalizado para seus smartphones Pixel até 2025, informou o The Information nesta quinta-feira, citando duas pessoas familiarizadas com o assunto.

O Google originalmente planejava lançar o chip, chamado internamente de Redondo, no próximo ano para substituir os chips semipersonalizados que atualmente projeta pela Samsung Electronics , disse a reportagem.

A gigante da tecnologia também trocará a Samsung pela Taiwan Semiconductor Manufacturing Co (TSMC) para fazer os chips, chamados Tensors, de acordo com o The Information.

Veterano diz que recessão pode expor alavancagem em ESG

Uma recessão se aproxima, e investidores ESG podem estar entre os que mais vão perder, diz James Penny, diretor de investimentos da TAM Asset Management.

Veterano em investimentos no segmento, Penny previu corretamente a turbulência no ano passado que atingiu fundos dedicados a estratégias ambientais, sociais e de governança (ESG).

“Estamos caminhando para uma recessão, pois os juros continuam mais altos e a inflação se mostra persistente”, disse Penny, que não investe diretamente em ações e títulos, mas compra fundos. “A segunda metade do ano será muito interessante no que diz respeito à força do consumidor.”

ETFs dominam fluxos de emergentes com menor fatia de gestores

Fundos de índice agora dominam os fluxos financeiros para o turbulento segmento de ações de mercados emergentes este ano, deixando de lado gestores de fundos com estratégia ativa.

Os ETFs responderam por 88% das entradas de US$ 68 bilhões para fundos de ações de países em desenvolvimento no acumulado do ano até 29 de junho, de acordo com a EPFR Global, provedora de informações sobre alocação de ativos.

A preferência desigual por ETFs ocorre quando gestores de fundos profissionais apresentam resultados cada vez piores para seus clientes.

(*Com informações de Reuters e Bloomberg.)

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.