Siga nossas redes

Geral

Ficou sabendo? Microsoft fechará loja online do Xbox 360; crescimento chinês

E mais: Walmart eleva previsões após desempenho acima do esperado no trimestre.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Walmart eleva previsões após desempenho acima do esperado no trimestre

Walmart (WALM34) elevou previsões de resultado para o ano e superou estimativas de vendas e lucro do segundo trimestre fiscal, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, com o grupo varejista citando forte demanda por produtos de custo mais baixo e de saúde e bem-estar.

Carrinho de compra diante de logo do Walmart
REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração

As vendas nas lojas do Walmart nos Estados Unidos abertas há pelo menos um ano aumentaram 6,4%, excluindo combustível, nos três meses encerrados em 31 de julho, superando as estimativas de um aumento de 4,44%, segundo dados da Refinitiv.

O resultado foi impulsionado principalmente por expansão de vendas em supermercados e crescimento em produtos de saúde e bem-estar, incluindo medicamentos para diabetes indutores de perda de peso, como Ozempic. As vendas de mercadorias em geral nos Estados Unidos diminuíram no trimestre, mas o desempenho foi melhor do que no trimestre anterior.

Microsoft fechará loja online do Xbox 360 em 2024

Microsoft (MSFT34) anunciou nesta quinta-feira que encerrará a loja online e o marketplace do Xbox 360 no próximo ano, enquanto se concentra em seus consoles mais recentes e no serviço de assinatura Game Pass.

A Xbox 360 Store e o Xbox 360 Marketplace serão fechados em 29 de julho de 2024, e os jogadores que usam o console antigo não poderão comprar e baixar novos jogos, de acordo com uma publicação no site do Xbox.

Contudo, a Microsoft está permitindo que os usuários joguem os jogos do Xbox 360 já comprados e títulos mais antigos compatíveis com o console.

Morgan Stanley reduz previsão de crescimento econômico da China em 2023 para 4,7%

O Morgan Stanley é o mais recente a cortar a previsão de crescimento econômico da China para este ano, após uma série de dados decepcionantes do país e preocupações com seu setor imobiliário.

O banco de Wall Street agora vê crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da China de 4,7% este ano, abaixo da previsão anterior de 5%, de acordo com uma nota divulgada na quarta-feira. Também reduziu sua previsão do PIB de 2024 para 4,2%, de 4,5%.

Nesta semana, o JPMorgan cortou a previsão de expansão do PIB da China em 2023 para 4,8%, de 5% antes, enquanto o Barclays reduziu para 4,5%.

Pequim havia estabelecido uma meta de crescimento de cerca de 5% para este ano.

(*Com informações da Reuters.)

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.