Siga nossas redes

Geral

Ficou sabendo? Suzano vence contrato bilionário; Eneva pode comprar Celse e mais

A Eneva está perto de adquirir a concessionária Celse (Centrais Elétricas de Sergipe)

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Suzano vence contrato de R$2,8 bi para fornecer energia a Cemig, Coelba e Light

A produtora de papel e celulose Suzano anunciou nesta sexta-feira que venceu disputa para fornecer energia para as concessionárias Cemig, Light e Coelba, da Neoenergia, no total de 2,8 bilhões de reais.

O leilão chamado “A-4” realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), negociou no total 237,5 megawatts (MW) médios, com 29 projetos somando uma potência total de 948 MW e investimentos da ordem de 7 bilhões de reais.

No caso da Suzano, sua vitória implica o direito de fornecer 50 MWm de energia no período de janeiro de 2026 a dezembro de 2045, através de Contrato de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado (CCEAR) com as concessionárias.

O volume de energia vendido refere-se a uma parcela da geração estimada de energia excedente de 180 MWm da nova planta de celulose da Suzano no Mato Grosso do Sul, com início das operações previsto para o segundo semestre de 2024.

“A transação é convergente à estratégia de longo prazo da companhia, contribuindo para sua competitividade estrutural e provendo ao grid brasileiro energia renovável de biomassa a partir de árvores plantadas de eucalipto”, afirmou a Suzano em comunicado.

Eneva está perto de comprar concessionária termelétrica Celse

A Eneva (ENEV3) está perto de adquirir a concessionária Celse, com sede em Sergipe, informou o jornal O Globo nesta sexta-feira.

Citando pessoas próximas ao acordo, a notícia disse que a aquisição da Celse pela Eneva está sendo tratada como “certa”, embora as ofertas vinculantes para a empresa só sejam apresentadas na próxima semana.

A Celse, formalmente conhecida como Centrais Elétricas de Sergipe, é de propriedade conjunta da DC Energia e da New Fortress Energy, listada nos EUA, e opera uma usina termelétrica a gás em Sergipe.

Em comunicado à Reuters, a Eneva disse que está “sempre atenta às oportunidades no setor no qual atua”, mas não comenta especulações ou operações específicas.

A Celse não respondeu de imediato a pedidos de comentários.

Casa dos Ventos fecha acordo de compra de energia solar

A Casa dos Ventos fechou um contrato de compra de energia por meio de sua comercializadora com a Lightsource bp, uma joint venture com 50% de participação da bp que atua no desenvolvimento e gestão de projetos solares fotovoltaicos.

O acordo tem duração de 10 anos e marca o início da operação da Lightsource bp no Brasil, com seu primeiro projeto em energia solar, disse a companhia, em comunicado.

A primeira planta solar da Lightsource bp terá 210 megawatts-pico (MWp) e está sendo construída em Abaiara, no Ceará, com previsão de início da geração em 2024.

A Lightsource bp tem uma carteira de projetos de 4 gigawatts (GW) para desenvolvimento no Brasil. Segundo informações de seu site, a empresa já desenvolveu 5,4 GW em empreendimentos solares e atua em 16 países.

Já para a Casa dos Ventos, o acordo ajuda a complementar seu portfólio de energia disponível para comercialização, hoje majoritariamente proveniente de usinas eólicas.

“É uma forma de hibridizarmos nosso portfólio eólico e customizarmos a melhor energia para os nossos parceiros”, disse em nota Itamar Lessa, diretor de Comercialização da Casa dos Ventos.

Veja também

Invista com rentabilidade altíssima alavancando seus ganhos! Invista em Índice!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Agosto

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu