Siga nossas redes

Infográficos

20 anos do penta: veja o que mudou no Brasil após a conquista da última Copa

Seleção brasileira ganhou a Copa do Mundo de 2002 após vencer a Alemanha por 2 a 0. Duas décadas depois, inflação continua sendo uma preocupação do brasileiro.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 7 minutos

20 anos do penta: veja o que mudou no Brasil após a conquista da última Copa

Há exatos 20 anos, no dia 30 de junho de 2002, o capitão da seleção brasileira Cafu levantava o troféu da conquista do pentacampeonato após o Brasil ser o campeão da Copa do Mundo do Japão e Coreia do Sul.

A imagem foi eternizada na memória dos brasileiros com Cafu protagonizando um momento histórico: o jogador subiu no palanque em que a taça estava exposta pela Fifa para receber a premiação que foi motivo de orgulho de toda uma nação, já que o Brasil se tornava o único país a conquistar o pentacampeonato mundial.

A cena inédita fez com que a população esquecesse as críticas feitas à seleção depois do Brasil vencer a final da Copa do Mundo contra a Alemanha por 2 a 0, com gols do Ronaldo Fenômeno.

O trio Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo brilhou durante a disputa do campeonato mundial. E a música do sambista Zeca Pagodinho “Deixa a vida me levar” virou o hit entre os jogadores e foi a canção usada para comemorar a conquista inédita.

Depois dessas duas décadas, muita coisa mudou no Brasil, e o InvestNews vai mostrar algumas diferenças.

Como era e como ficou?

O ex-lateral direito Marcos Evangelista de Morais, conhecido como Cafu, que foi o capitão da seleção brasileira na conquista do penta, está trabalhando para o Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2022, como embaixador global. Uma de suas funções é representar a organização em programas de caridade relacionados ao futebol. 

Ronaldo, o Fenômeno, passou de craque da seleção brasileira, para dono do Cruzeiro, clube mineiro que o projetou no futebol. Seu colega de campo Rivaldo virou atleta amador após aposentar-se do futebol, vivendo nos Estados Unidos ele mantém uma rotina intensa de atividades físicas e participa de corridas de rua. Já Ronaldinho gaúcho, que chegou a ser preso no Paraguai em 2020 por entrar no país usando passaporte falso, teve seu nome anunciado como auxiliar-técnico de um clube da terceira divisão do México recentemente, mas o ex-jogador negou a contratação.

Assim como em 2002, quando a Copa foi realizada pela primeira vez em dois países (Coreia do sul e Japão) e teve duas sedes, a Copa do Mundo deste ano também será no continente asiático (Catar).

Em fevereiro deste ano, a Rússia invadiu a Ucrânia para conquistar novos territórios. O conflito, que não tem data para terminar, provoca impactos econômicos em todo o mundo. Além de provocar mortes e violações de direitos humanos, a invasão russa aumentou o preço dos combustíveis, energia e commodities, além de provocar insegurança alimentar, pois os dois países são grandes produtores de grãos mundiais, e risco de falta de fertilizantes, já que a Rússia é a maior exportadora do produto.

No ano de 2002, o mundo presenciava outro conflito armado, a invasão de tropas militares americanas no Afeganistão para vingar o atentado terrorista de 11 de setembro liderado pela Al Qaeda e caçar Osama Bin Laden, ex-chefe da organização criminosa morto em 2011 no Paquistão.

Entretenimento

E no ano em que a seleção ganhou o penta estreou no Brasil a primeira edição do Big Brother Brasil. O reality show, que era uma novidade para o público brasileiro, fez tanto sucesso que continua fazendo parte da programação e a TV Globo exibiu neste ano o BBB22.

Os brasileiros assistiam o romance nascido no Marrocos e os desencontros do casal Jade e Lucas, interpretados pela atriz Giovanna Antonelli e Murilo Benício, na novela “O Clone”, da Glória Perez. Já o casal queridinho do momento é formado pela Juma e Jove, personagens de Alanis Guillen e Jesuíta Barbosa, no remake do Pantanal. Escrita por Benedito Ruy Barbosa, a obra exibida na antiga TV Manchete foi adaptada por Bruno Luperi, neto do autor. Os noveleiros de plantão trocaram a dança árabe pela música sertaneja de raiz do sul-matogrossense.

Com direção de  Fernando Meirelles, 2002 foi o ano do lançamento do filme “Cidade de Deus”, que conta a história do tráfico de drogas em uma comunidade com o mesmo nome no Rio de Janeiro. O longa-metragem marcou o renascimento do cinema nacional, sendo um dos mais aclamados pela crítica e foi indicado a quatro categorias no Oscar: “Melhor Diretor”, “Melhor Roteiro Adaptado”, “Melhor Edição” e “Melhor Fotografia”. Também recebeu indicação no Globo de Ouro como “Melhor Filme Estrangeiro”.

No início deste ano foi lançado “Medida Provisória”, que marca a estreia de Lázaro Ramos como cineasta e retrata o racismo. Com a maioria dos atores negros, o filme se passa em um Brasil do futuro em que uma inciativa de reparação pelo passado escravocrata provoca uma reação no Congresso Nacional.

Inflação

A tão temida inflação continua assombrando os brasileiros. Há 20 anos, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 12,53% ao ano, enquanto a projeção do último Boletim Focus é de que atinja os 8,89% neste ano.

Há pelo menos duas décadas, a inflação vem corroendo o poder de compra do brasileiro. O valor da cesta básica, medido pelo Dieese-SP, passou de R$ 131,50 em junho de 2002 para R$ 777,93 em maio deste ano (data da última divulgação).

O preço dos combustíveis é um dos grandes vilões da inflação. O preço médio do litro da gasolina, que era de R$ 1,71 em junho de 2002, subiu para R$ 7,27 em junho deste ano.

De olho no cenário fiscal e possibilidade de recessão, o Ibovespa, principal índice da B3, recuou neste mês a menos de 100 mil pontos, número inferior aos dados de 20 anos.

Política

Em junho de 2002, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) estava em seus últimos meses de mandato. Os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e José Serra (PSDB) disputariam as eleições naquele ano.

Foi a primeira vez que um candidato da esquerda foi eleito. Lula assumiu em janeiro de 2003 e se reelegeu. E, em 2022, o petista tenta voltar à presidência concorrendo com o atual presidente Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições de outubro.
 

Seleção desacreditada

Após perder a final da Copa para a França em 1998, a seleção brasileira estava desacreditada e correu o risco de ficar fora de uma Copa do Mundo pela primeira vez na história.

Em junho de 2001, um ano antes da Copa, foi a estreia do Felipão como comandante do Brasil contra o Uruguai nas eliminatórias em Montevidéu. A seleção brasileira perdeu por 1×0.

A classificação para a Copa ocorreu apenas na última rodada das eliminatórias. No entanto, o drama da seleção não estava no fim com a agonia pela recuperação do jogador Ronaldo após sofrer uma lesão muscular e ficar dois anos parado.

Além disso, o técnico da seleção era pressionado para convocar o atacante Romário, uma unanimidade nacional, que brilhou na Copa de 94 e como jogador do Vasco nos dois anos que antecediam a Copa de 2002. Apesar disso, Felipão não convocou o jogador, deixando a torcida ainda mais desanimada.

Opere com as melhores ferramentas para trader e corretagem ZERO em Ações! Comece já

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Agosto

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu