Siga nossas redes

CEO Responde

CEO da Locaweb: ‘Nosso caixa vai só para aquisições e isso é um privilégio’

Companhia descarta listagem no exterior no curto prazo, mas avalia acessar fundos gringos; novo projeto de corporate venture capital deve contemplar mais de 10 startups.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 14 minutos

Embora o o ciclo de alta dos juros deva se arrastar no primeiro semestre de 2022 e seja um cenário pouco favorável para empresas de tecnologia, a Locaweb (LWSA3) diz estar otimista. Em entrevista ao InvestNews, o CEO da companhia, Fernando Cirne, prevê que o crescimento da receita do provedor de serviços de internet deva continuar exponencial, puxado principalmente pelo e-commerce.

Em seu IPO (abertura de capital) no primeiro trimestre de 2020, 22% da receita líquida da Locaweb, de R$ 105 milhões, vinha do e-commerce. Um ano e meio depois, a receita do terceiro trimestre de 2021 quase dobrou, chegando a R$ 209 milhões, com 51% de participação do varejo eletrônico. “Acho que nosso crescimento tende a se tornar exponencial daqui para frente”, afirmou Cirne.

Para potencializar ainda mais esse crescimento, a companhia anunciou um fundo de Corporate Venture Capital no dia 10 de dezembro, que pretende investir no período de quatro anos o montante de R$ 100 milhões para o desenvolvimento de startups e empresas relacionadas ao ecossistema do e-commerce.

Embora as ações tenham valorizado 367,53% no acumulado de 2020, segundo dados da Economatica Brasil, 2021 não foi favorável para Locaweb na bolsa. No acumulado de 2021, os papéis caíam 26,13% até o fechamento do dia 10 de dezembro. No mesmo período, o Ibovespa acumula queda de 9,46%. Desde seu IPO, a companhia acumula ainda valorização de 245,27%.

Cirne acredita que o desempenho das ações LWSA3 deve ser promissor no longo prazo em até cinco anos. Segundo ele, a Locaweb é resiliente a crises e existem muitas oportunidades no Brasil, onde a penetração do e-commerce é muito baixa, em cerca de 15%.

O CEO confirma que a companhia está avaliando possibilidades de listagem em outros mercados, mas que até o fechamento desta reportagem não existe nada estruturado. “A gente precisa ver o que aconteceria com acesso a outros fundos: o que aconteceria se a Locaweb tivesse acesso aos pockets (dinheiro no bolso dos gringos) lá fora?”, exemplifica.

Esta entrevista faz parte do quadro do InvestNews CEO Responde, que traz cinco perguntas sobre as principais dúvidas do mercado sobre negócios de capital aberto. Confira o que já foi publicado:

  • CEO da PDG: após recuperação, cautela é a palavra de ordem
  • CEO da Oncoclínicas: troca de liderança levará companhia a um próximo nível
  • CEO da Wiz: novos parceiros vão fortalecer receita após saída da Caixa
  • CEO da Kepler: Nosso grande desafio é reduzir o déficit de armazenagem agrícola
  • CEO da Orizon revela planos de triplicar tamanho da empresa

InvestNews – Vocês lançaram recentemente um fundo de Corporate Venture Capital com um montante de R$ 100 milhões que serão investidos em startups e empresas de e-commerce. Quantas startups serão contempladas? Como funciona e onde se inscrever?

Fernando Cirne – O fundo já está funcionando, não temos um limite de empresas investidas, porque vai depender do tamanho dos aportes que a Locaweb vai fazer. É um fundo de R$ 100 milhões, mas posso dizer para você que certamente a gente está falando de mais de 10 empresas contempladas.

Estamos trabalhando desde agora o pipeline, mapeando companhias. É importante destacar que esta não é a única fonte de empresas que a gente tem para esse fundo. A Locaweb tem um processo de M&A (fusões e aquisições) muito bem estruturado e já fizemos 13 aquisições desde o IPO. Este processo é uma das fontes para esse Corporate Venture Capital.

O que acontece? Às vezes você encontra uma empresa muito interessante, mas que ainda está em estágio muito inicial. Então não faz sentido colocar esta empresa no processo de aquisição integral, porque é pequena ou sua tese apresenta ainda muitas incertezas. Mas, então, por que não colocar ela dentro de um Corporate Venture Capital, em um processo conhecido como early stage (estágio inicial de uma startup)?

Surgem muitas empresas em que a Locaweb pensa: “estamos descartando uma ideia interessante de uma empresa que talvez não tenha uma receita grande”. Foi aí que surgiu a ideia do fundo. É claro que por se tratar de um Corporate Venture Capital não são ideias apenas que vêm do processo de fusões e aquisições.

No processo de M&A, as empresas têm alta sinergia com a Locaweb, e no fundo temos um espectro mais aberto. É um processo paralelo, mas o M&A também é uma fonte.

Então, por conta disso, a Locaweb já tinha um backlog (lista de pedidos) de empresas que estavam esperando a constituição deste fundo, que tende a ser acelerado com muita rapidez.

Não temos restrições de empresas locais ou internacionais, temos interesse nas que atuam no Brasil e em outros países. Para participar, a empresa ou startup precisa entrar em contato com quem faz a gestão do fundo, neste caso a Valetec Capital Investimentos.

IN$ – Como vai funcionar o investimento? O fato relevante cita 4 anos, mas a ata do Conselho menciona 8. E qual o retorno que a Locaweb espera deste fundo em sua receita?

Fernando Cirne – No total são 8 anos, 4 para investimento dos R$ 100 milhões e 4 para desinvestimento. Acredito que a Locaweb não vai ter dificuldade em investir os R$ 100 milhões nesses 4 anos, dada nossa capacidade de encontrar e selecionar empresas, além da qualidade do ecossistema brasileiro.

São prazos que eu diria são conservadores, tanto para o investimento, quanto para o ciclo de 8 anos. Nos 4 anos de desinvestimento, a Locaweb pode adquirir a startup para ser uma subsidiária ou esta pode ser vendida para um terceiro. Então o ciclo total para investimento é até 4 anos e até o desinvestimento dos R$ 100 milhões seriam 8 anos.

A empresa pode ser revertida, repassada para a Locaweb ou pode ser vendida para um terceiro.

Em relação ao retorno, são empresas em early stage (estágio inicial de uma startup), então temos dois tipos de retorno: o primeiro é que eu comprei a empresa por um valuation x (avaliação que permite saber o valor da empresa) e depois de um determinado tempo ela pode ter um valuation de 10 vezes, um incremento no valor.

E tem o segundo retorno, o mais importante, que a empresa desenvolva produtos que possam ser incorporados pela Locaweb, com alta sinergia, e em um segundo momento a empresa venha a ser incorporada pela Locaweb. Isso é muito mais importante do que o retorno financeiro.

Este fundo não mira apenas retorno financeiro. A Locaweb quer um aproveitamento técnico também e de produtos. Acho que o Corporate Venture Capital é uma iniciativa de inovação para a gente. Claro que buscamos o retorno financeiro, mas a frente mais importante para a Locaweb é inovação, porque uma iniciativa de inovação dentro do ecossistema Locaweb pode trazer um retorno maior no futuro.

A receita da Locaweb continua crescendo muito. Em números, no primeiro trimestre de 2020, quando fizemos o IPO, nossa receita líquida foi de R$ 105 milhões e agora no terceiro trimestre de 2021 foi de R$ 209 milhões, praticamente o dobro.

O mais importante é que a curva está acelerando pela participação do e-commerce ganhando espaço. Quando fizemos IPO, a receita líquida proveniente das operações de e-commerce representava 22%, no terceiro trimestre de 2021 ela representou 51%. É pelo e-commerce que a nossa curva tem formato excepcional.

Acho que nosso crescimento tende a se tornar exponencial daqui para frente. A área de e-commerce cresceu 162% ano contra ano, considerando o terceiro trimestre de 2021. Com essa área representando hoje 51% da receita da Locaweb, sim teremos um aumento muito forte na receita daqui para a frente.

O fundo naturalmente acaba atraindo mais empresas de e-commerce, mas não é apenas isso. Se a gente encontrar uma solução, que possa entrar dentro do nosso conceito de ajudar empresas a crescer e prosperar com o uso de tecnologia, pode ser utilizado.

IN$ – Sobre a possível listagem das ações da Locaweb nos EUA, seu CFO já chegou a afirmar que a empresa quebrou o mito de que, para atrair bons investidores, precisaria estar na Nasdaq. O que mudou para vocês avaliarem novos mercados? O que o investidor pode esperar no próximo semestre?

Fernando Cirne – É algo muito incipiente ainda, mas o que a gente pode citar é o que colocou no fato relevante. Que a Locaweb está ainda avaliando de forma inicial essas possibilidades. Mas que são possibilidades que a gente sempre avalia de maneira a aumentar o valor do acionista. É algo muito incipiente, ainda em avaliações iniciais.

Nesse momento, a Locaweb está feliz onde está, mas não quer dizer que a gente não possa olhar outras possibilidades.

Porque a gente precisa ver, destaco que é tudo preliminar, a gente precisa ver o que aconteceria com acesso a outros fundos, por exemplo: o que aconteceria se a Locaweb tivesse acesso aos pockets (dinheiro no bolso dos gringos) lá fora? Só exemplificando, mas destaco que é uma avaliação muito preliminar ainda e inconclusiva do nosso lado.

Em relação os nossos investidores, quando a Locaweb avalia possibilidades para a empresa sempre leva em conta todas as partes envolvidas, os acionistas, investidores pessoa física e institucional.

Somos uma empresa muito transparente, então quando a gente colocou no fato relevante que não tem nada estruturado, é porque não tem nada estruturado mesmo. Estamos na mesma situação, apenas avaliando possibilidades. E nossa avaliação sempre vai levar em conta todas as entidades afetadas por esse movimento.

Posso afirmar que não tem nada estruturado até porque a gente gastou bastante, estamos no momento de fazer budget (orçamento) e a bolsa está em um momento de muita turbulência. Acredite em mim que nada mudou em relação ao fato relevante.

IN$ – Sobre aquisições, a Locaweb adquiriu 13 empresas após o IPO e no momento tem 5 memorandos de entendimento assinados e 1 em fase de assinatura. Quando se concretizam essas 6 aquisições? E o que está no radar da Locaweb depois disso? Isso pode pressionar novamente as margens da companhia?

Fernando Cirne – Não dá para afirmar quando vão se concretizar porque é algo muito incerto, tem a parte jurídica, burocrática, não tem como prever quando pode acontecer. O que a Locaweb olha em termos de aquisição é sempre procurar enriquecer o nosso ecossistema. O pessoal fala “Mas o ecossistema de vocês já está completo”.

Nosso ecossistema está muito bom, se eu olhar em relação a concorrência, de fato muito melhor. A concorrência não tem nada parecido, tenho uma posição de vantagem. Mas o e-commerce evolui muito rápido e o que é completo hoje pode ser incompleto daqui há 6 meses.

Quando eu fiz IPO, por exemplo, não se falava tanto em influencers. E de dois anos para cá, influencers viraram uma grande forma de venda. Então a Locaweb comprou a Squid.

Então, quando falamos em maneiras de vender mais, isso é muito dinâmico. Tem influencers, livecommerces, socialcommerce, integração com marketplace. Eu diria que meu ecossistema não está completo, ele está bom hoje, mas se eu não continuar trazendo coisa nova daqui a dois anos estará incompleto com certeza.

Então tem muita coisa que a gente vai colocar la dentro ainda. Eu diria que é infindável, precisamos sempre olhar para não ficar desatualizados. Sobre essas 6, não dá para saber quando vão se concretizar e nem se vão, o documento assinado não é garantia.

Depois que você assina o memorando de entendimento, tem tudo um processo de due diligence que você faz com a empresa para avaliar contingência, refinar números, as vezes nessa atividade você pode encontrar uma contingência que inviabilize fechar a aquisição dela.

Às vezes uma causa jurídica inviabiliza. Esse processo demora até 5 meses. É por isso que o documento assinado não é garantia de fechar o acordo. Mas a Locaweb continua em um processo ativíssimo de monitoramento de mercado, prospecção de funil. Vou te dar um número. A Locaweb já olhou mais de 700 empresas desde o IPO.

Nosso comitê de M&A (fusões e aquisições), composto por membros do conselho, por mim, nosso CFO e outros diretores, olha mais de 10 nomes toda semana.

Então a Locaweb continua na mesma velocidade para monitorar o mercado. Empresas de alto crescimento precisam fazer isso. É só olhar os grandes cases de sucesso nas empresas de tecnologia dos Estados Unidos. Microsoft, Google, Amazon, eles têm centenas de aquisições.

Na Locaweb não compramos muito. Empresas de sucesso precisam comprar e precisam saber integrar. É um requisito e tenho certeza de que estamos no caminho certo.

Em relação à pressão das aquisições nas margens, temos um caixa de R$ 1,8 bilhão, descontando os potenciais earn-out (pagamento de parte do preço da aquisição vinculada a lucros futuros da companhia) nosso caixa chega hoje a R$ 1,2 bilhão.

A Locaweb não tem essa pressão primeiro porque o R$ 1,2 bilhão já considera esses descontos por aquisições. Mas vamos lembrar que somos uma empresa com Ebitda positivo (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização), que cresce 60% em receita.

O comum no mercado que avalia empresas de software as a servisse (SAAS) é que a soma entre seu crescimento e seu Ebitda seja de pelo menos 40%.

A Locaweb tem um crescimento próximo de 60% e um Ebitda, se somado o orgânico de 35%, o inorgânico é de 2 dígitos. Então não seriam 40%, trabalhamos com quase 60%, absurdo.

A Locaweb gera caixa e não temos pressão de usar esse caixa para tocar a nossa operação. O caixa é de uso exclusivo para aquisições. Isso é um privilégio, o nosso caixa vai só para aquisições.

IN$ – A Locaweb é uma companhia de tecnologia e crescimento. Prova disso é que em 2020, as ações LWSA3 fecharam o ano com um salto de 367,53%, mas em 2021 vocês estão caindo 26,13%. Temos ainda um ciclo de juros em alta pela frente. O que o investidor pode esperar das ações?

Fernando Cirne – Eu acho que as ações sofreram este ano por conta do aumento na taxa de juros, sem dúvida nenhuma. Não apenas a Locaweb, como outras empresas de tecnologia. Mas prefiro dizer o que pretendo entregar.

Estamos trabalhando forte em aquisições, a Locaweb vai crescer muito. Como comentei, a participação na área de e-commerce está cada vez maior e isso certamente vai acelerar o crescimento da Locaweb.

Somos uma empresa que gera Ebitda positivo e, mesmo depois da reabertura da economia, estamos conseguindo manter a adição de novos clientes no mesmo patamar. A Locaweb não sofreu com a reabertura da economia e tudo isso em um país com baixa digitalização.

A Locaweb cresce 60% em média todo ano, somos uma empresa de alto crescimento. Então não posso sofrer com um movimento de queda de quase 30% das ações, tenho de fato que olhar que a empresa continua crescendo no Brasil, um país onde surgem novas empresas que precisam se digitalizar e onde a Locaweb pode ajudar muito. Para mim, o cenário é otimista.

Sobre o ciclo de juros em alta, eu diria que a Locaweb está mais preocupada com os clientes. Os juros afetam mais meu cliente do que a companhia.

Não somos uma empresa endividada, mas se o cliente for endividado ele é afetado. Então é aí onda a Locaweb entra. Oferecemos produtos de baixo custo, fácil otimização e utilização para ajudar o cliente que estiver endividado a se digitalizar e rentabilizar a sua operação. Então a alta de juros pode de fato afetar meu cliente, mas a Locaweb é uma solução para que eles rentabilizem.

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Investir em Ações é ainda mais fácil com taxa de corretagem ZERO! Aproveite agora

Anúncio Patrocinado Super Week Temporada de balanços Super Week Temporada de balanços
ANÚNCIO PATROCINADO      Conheça a carteira recomenda de dividendos

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Carteira Top 10