Siga nossas redes

Mais Investnews

Mercado sobe previsão para a Selic em 2021

Entenda o que muda com as novas previsões para a taxa de juros.

Publicado

em

O mercado financeiro elevou a previsão para a taxa Selic em 2021 de 2,75% para 3%, segundo o boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (23). Para este ano, a previsão segue em 2%. Mas o que muda com a Selic subindo no ano que vem? Esse é o tema do Mais InvestNews, com Samy Dana e Dony De Nuccio, às 19h.

O Focus também trouxe mais uma elevação das previsões para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A expectativa em 2020 aumentou pela 15ª semana seguida, passando de 3,25% para 3,45%. Para 2021, foi a 5ª semana de aumento, de 3,22% para 3,4%. Já a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) passou de queda de 4,66% para 4,55% em 2020. Para 2021, passou de alta de 3,31% para 3,4%.

O dia também foi marcado pela participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Ele voltou a dizer que “a ideia é auxílio emergencial acabar em 31 de dezembro”, mas reconheceu que há “pressão política” para prorrogá-lo.

Guedes afirmou ainda que confia que as “privatizações serão aceleradas em 2021”, voltou a dizer que não deve haver aumento de impostos e defendeu a taxação sobre dividendos.

No mercado financeiro, o pregão foi marcado pela repercussão da morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, em uma loja do Carrefour (CRFB3) em Porto Alegre. Após subir na sexta-feira (20), o papel chegou a recuar 5% nesta segunda.

Fabio Alperowitch, gestor da Fama Investimentos, afirmou que os investidores demoraram a entender os efeitos da tragédia. “A questão é que os investidores ainda não sabem ou não entendem como uma atitude daquelas impacta a imagem da empresa, a reputação da marca e os consumidores. Eles só entenderam no final de semana porque houve boicote nas redes sociais e protestos”, avaliou em entrevista ao InvestNews.

Já o analista da Easynvest José Falcão disse que tudo indica que a queda desta segunda tenha sido uma resposta do mercado financeiro à tragédia. “Mas nenhum movimento da bolsa podemos afirmar que está acontecendo pelo motivo X ou Y, é tudo suposição”, ressalvou.

Além dos temas comentados na transmissão, o mercado repercutiu ainda a notícia de que a farmacêutica britânica AstraZeneca anunciou que sua potencial vacina contra o novo coronavírus pode ser em torno de 90%. Na semana passada, as empresas norte-americanas Pfizer e Moderna já haviam anunciado resultados promissores nos estudos de suas vacinas

Além disso, o dia teve novamente uma disparada de criptomoedas. Depois que o Bitcoin subiu 10% na semana passada, outras criptomoedas avançaram hoje ao maior valor em dois anos, segundo a agência de notícias Reuters. A segunda maior criptomoeda, a ethereum, subiu mais de 25% em três dias, e nesta segunda saltou 7%, para sua máxima desde junho de 2018. Já a XRP, terceira maior moeda, disparou 15% para seu maior valor em dois anos, levando os ganhos para mais de 75% nos últimos três dias.

Com o Tesouro é assim: você empresta dinheiro para o Governo a troco de juros. Bora investir? Aproveite hoje!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!