Siga nossas redes

Negócios

97% dos estúdios de tatuagem e piercing abertos em 2022 são MEI

Foram criados no ano passado 6.763 pequenos negócios especializados no segmento no país.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

tatuagem
Tatuagem. Crédito: Pixabay

A figura jurídica do Microempreendedor Individual (MEI) tem sido o principal caminho escolhido pelos profissionais de tatuagem e body piercing que desejam abrir o próprio estúdio e atuar de modo formal. Um levantamento feito pelo Sebrae a partir de dados do Cadastro Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), mostra que 97% das empresas abertas em 2022 nesse segmento estavam na categoria do MEI.

Foram criados no ano passado 6.763 pequenos negócios especializados em piercing e tatuagem no país. Desse total, nada menos que 6.544 eram Microempreendedores Individuais, aponta a pesquisa do Sebrae. Ainda de acordo com números do CNAE, em 2022 foram abertas no Brasil 3,6 milhões de novas empresas. Desse universo, 78% eram MEI. Esse número mostra a representatividade desse modelo negócio entre os estúdios de tatuagem e piercing.

Segmento cresceu mesmo na pandemia

O número de novos estúdios de tatuagem e piercing cresceu 35% entre os anos de 2019 e 2022. Mesmo com a pandemia, o segmento saltou de 5.006 novos negócios (em 2019), para 5.604 (em 2020), com um crescimento expressivo em 2021, quando foram criadas 6.740 novas empresas.

Os estados que concentraram o maior volume de novos negócios abertos nesse segmento, em 2022, foram São Paulo (2.219), Minas Gerais (747) e Rio de Janeiro (650). O número de Microempreendedores Individuais abertos em São Paulo como estúdios de tatuagem chama atenção, superando o total de empresas abertas nesse segmento em 2021 (somando MEI, microempresas e empresas de pequeno porte), com um total de 2.050 pequenos negócios.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.