Siga nossas redes

Negócios

Ação da Suzano sobe mais de 4% com nova alta de preço da celulose

Ações da empresa eram comercializadas a R$ 47,75 por volta das 10h30 na B3. Empresa reajustou preços para países da Europa, Ásia e América do Norte.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

As ações da Suzano avançavam mais de 4% e lideravam as altas do Ibovespa nesta sexta-feira (24), após novo aumento no preço da celulose vendida pela companhia.

Analistas do Bradesco BBI citaram em relatório notícia da Risi de que a companhia anunciou aumento nos preços de celulose de fibra curta em US$20 por tonelada para a Ásia, US$30 para Europa e US$40 para a América do Norte. Os reajustes entram em vigor em 1º de julho e ocorre após aumentos sequências ocorridos nos meses anteriores.

“A iniciativa de aumento de preços da Suzano corrobora nossa visão mais positiva e fora do consenso sobre a dinâmica do mercado de celulose para o restante de 2022 e 2023”, afirmaram Thiago Lofiego e a equipe de analistas do Bradesco BBI em relatório.

Às 10h25, as ações da Suzano tinham elevação de 4,65%, a R$ 47,75, enquanto o Ibovespa subia 0,35%.

Em junho, a Suzano aumentou seus preços para a América do Norte em US$60, para US$1.580 a tonelada, enquanto para a Europa o reajuste foi de US$50, para US$1.350.

Os aumentos foram decididos alguns dias após a empresa, maior fabricante mundial de celulose de eucalipto, ter elevado o preço da commodity para clientes na Ásia em US$30.

Veja também

Garanta o futuro tranquilo que você merece. Invista em Previdência Privada!

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Agosto

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu