Siga nossas redes

Negócios

Lojas Americanas retira suas ações de negociações na B3

Serão canceladas 355.821.073 ações ordinárias da companhia, que deixarão de ser negociadas a partir de 24 de janeiro.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

B2W lojas americanas

Segundo comunicado das Lojas Americanas (LAME3, LAME4) publicado nesta terça-feira (18) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia vai deixar de negociar suas ações na bolsa.

O prazo para exercer o direito de retirada das ações encerrou em 13 de janeiro.

O pagamento do valor de reembolso da ação de titularidade do acionista de Lojas Americanas que optou por exercer o direito de retirada será efetuado, por Americanas (AMER3), no dia 21 de janeiro de 2022.

Os acionistas dissidentes que optaram por exercer seus respectivos direitos de retirada receberão, por cada ação ordinária de Lojas Americanas objeto do recesso, o valor apurado em conformidade com o artigo 264 da Lei nº 6.404/76, que corresponde a R$ 5,49 (valor esse superior, registre-se, ao valor de reembolso fixado nos termos do Art. 45 da Lei nº 6.404/76, calculado tomando-se por base o balanço patrimonial de Lojas Americanas levantado em 30 de junho de 2021, que corresponderia a R$ 3,47 por ação), diz a companhia.

Serão canceladas 355.821.073 ações ordinárias de Lojas Americanas, que deixarão de ser negociadas a partir de 24 de janeiro de 2022, e emitidas 355.821.073 novas ações ordinárias de Americanas, que serão creditadas no dia 26 de janeiro de 2022, em favor dos acionistas de Lojas Americanas.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.