Siga nossas redes

Negócios

Gol fecha março com R$ 1,9 bilhão em caixa, queda de 10% ante fevereiro

Volta de restrições à circulação segue pressionando as companhias aéreas no Brasil.

Publicado

em

por

Reuters
Gol
Boeing 737-800 operado pela Gol pousa no aeroporto de Congonhas (SP). 5/11/2018. REUTERS/Paulo Whitaker

A Gol (GOLL4) anunciou nesta terça-feira (13) que fechou março com cerca de R$ 1,9 bilhão em caixa, uma queda de 10% em relação a fevereiro, mostrando como a volta de restrições à circulação impostas pelo recrudescimento da pandemia voltou a pressionar as companhias aéreas no Brasil.

Segundo a empresa, excluindo o serviço da dívida, o consumo de caixa foi neutro no mês passado.

A companhia informou que a taxa de ocupação em seus voos em março atingiu 71,8%, queda de 9 pontos percentuais ante fevereiro. O número diário médio de voos operados por ela no mês passado, 245, foi 31% menor na base sequencial.

E a previsão é de que em abril a queda deve ser ainda maior, com estimativa de operar de 185 a 200 rotas diárias em média, com 50 aeronaves em operação.

A Gol previu que terá um prejuízo por ação de R$ 2,35 no primeiro trimestre e uma margem Ebitda de 20% a 22%, ante 46% no primeiro trimestre de 2020. A empresa também prevê ter um consumo diário de caixa da ordem de R$ 3 milhões em abril.

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!