Siga nossas redes

Negócios

Lucro da Nokia cai após desaceleração na América do Norte prejudicar margens

Empresa foi atingida pela desaceleração dos pedidos de clientes.

Publicado

em

por

Tempo médio de leitura: 2 minutos

O grupo finlandês de equipamentos de telecomunicações Nokia informou nesta quinta-feira (20) uma queda no lucro do segundo trimestre devido a um declínio na margem, já que o crescimento nas vendas de equipamentos 5G em mercados de baixa margem, como a Índia, não conseguiu compensar a desaceleração da demanda na América do Norte.

A Nokia e a concorrente Ericsson foram atingidas pela desaceleração dos pedidos de clientes, principalmente em seus mercados norte-americanos de alta margem.

“Estávamos esperando uma desaceleração após um 2021 e 2022 bastante sólidos, mas gradualmente durante o trimestre começamos a receber sinais de várias operadoras na América do Norte de que elas estão diminuindo seus investimentos ainda mais do que o estimado anteriormente”, disse o presidente-executivo da empresa, Pekka Lundmark, em entrevista.

Os resultados vêm após a Nokia ter reduzido suas projeções de vendas anuais e margem de lucro na semana passada, e a Ericsson ter relatado uma grande queda no lucro trimestral.

A empresa disse nesta quinta-feira que agora espera vendas líquidas no segundo semestre amplamente semelhantes às do primeiro semestre, com alguma melhora sequencial no quarto trimestre.

Lundmark afirmou que o impacto na demanda foi “principalmente de natureza de curto prazo” e que a Nokia vê “isso principalmente como uma questão de momento”.

O lucro operacional comparável no segundo trimestre caiu para 626 milhões de euros, ante 714 milhões de euros no ano passado, mas superou estimativas do mercado. Um novo contrato de licença de patente com a Apple contribuiu para os resultados.

A queda nos mercados da América do Norte foi um pouco compensada pela Índia, mas com uma margem menor. Devido à mudança no mix regional, a margem bruta comparável trimestral caiu 180 pontos-base para 38,8%.

“O lançamento na Índia é extremamente rápido no momento e está claro que haverá moderação no ano que vem”, disse Lundmark.

A Nokia obteve ganhos com operadoras indianas, especialmente com empresas como Reliance Jio Infocomm, que era dominada pela Samsung na tecnologia 4G, disse ele.

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.