Siga nossas redes

Negócios

O que levou Warren Buffett a investir em ouro e por que isso alarmou o mercado

Embora nunca tenha sido fã do metal precioso, o megainvestidor vendeu participação em bancos e adquiriu ações de uma líder em mineração.

Publicado

em

por

Taís Laporta
warren buffett

Embora nunca tenha demonstrado simpatia pelo ouro, o megainvestidor Warren Buffett decidiu vender ações de bancos para comprar papéis da empresa líder em mineração do metal precioso no mundo, a Barrick Gold Corp, no segundo trimestre. Seu conglomerado, a Berkshire Hathaway, adquiriu 20,9 bilhões de ações da empresa avaliada em US$ 565 milhões, o que equivale a 1,2% dos papéis em circulação, segundo um documento divulgado na sexta-feira (14).

MAIS: Inseguro com seus investimentos? Na crise, é a vez do ouro

Após a notícia, as ações da mineradora fecharam com uma valorização de 7,4% na bolsa de Nova York. O movimento de Buffett chamou a atenção do mercado por uma série de razões, ainda que a participação no setor seja ainda muito pequena.

A primeira é o fato de ele ter demonstrado diversas vezes seu desprezo pelo ouro como investimento. O “oráculo de Omaha” afirmou em 2013 que o metal não tem “nenhuma utilidade”, já que ele é desenterrado para ser derretido e ser guardado novamente. Em 2009, ele declarou à rede de TV CNBC que “é melhor ter um ganso que continue botando ovos do que um ganso que apenas senta e come o seguro e coisas do tipo”.

Outro aspecto que despertou a curiosidade dos investidores foi o momento em que o megainvestidor decidiu ver o ouro com outros olhos. Diante das incertezas trazidas pelo isolamento social contra a Covid-19, o metal precioso registrou forte valorização em 2020 e superou seu próprio recorde, ultrapassando a marca de US$ 2 mil por onça-troy. Tido como um refúgio em momentos de crise, o metalcostuma ser mais procurado por investidores durante a turbulência, o que o torna mais valioso.

Alerta ou oportunidade?

Para parte do mercado, o fato de Buffett ter reduzido a participação em bancos como J.P. Morgan e Wells Fargo e aumentado a fatia em uma mineradora pode ter sido um sinal de que ele não acredita em uma recuperação tão veloz da economia. Alguns investidores temem que uma segunda onda da pandemia do coronavírus possa minar a retomada, além das preocupações de que os Estados Unidos não consigam negociar um novo pacote de estímulos avaliado em US$ 1 trilhão para ajudar a tirar a economia americana do “buraco”.

No entanto, parte dos analistas vê sentido na escolha feita pelo ‘guru’ da bolsa, uma vez que ele não comprou ouro de verdade, e sim papéis de uma empresa de mineração que sobem e descem ao sabor dos preços da commodity. Em um vídeo nas redes sociais, o economista Fernando Ulrich observou que, na ótica do Buffett, o negócio de mineração tende a performar bem porque o preço está em alta. “Se há uma demanda crescente por essa mercadoria, é natural esperar que uma empresa que produz ou vende a mercadoria vá se beneficiar e isso vá se refletir na geração de caixa”, afirmou.

Cotação

O ouro encerrou esta segunda-feira (17) em alta, amparado pela piora das tensões entre China e Estados Unidos, após a imposição de restrições de Washington à Huawei, empresa tecnológica da China. O dólar fraco no exterior também deu ajuda à commodity, ao torná-la mais barata pra detentores de outras moedas, estimulando o lado da demanda.

Na Comex, divisão para metais da Nymex, o ouro para dezembro fechou em alta de 2,50%, a US$ 1.998,70 a onça-troy. Ao longo do dia, chegou a tocar US$ 2.000,80 a onça-troy, retomando pontualmente, assim, o nível de US$ 2 mil por onça-troy.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Compre ações através da melhor plataforma do mercado: Invista pela Easynvest!

Anúncio Patrocinado Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente. Não corra o risco de faltar dinheiro lá na frente.

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.